« Alívio Imediato | Main | Jeitinho Inglês »

De Volta ao Básico

Nesta semana, toda a Grã-Bretanha está promovendo o evento Real Nappy Week. Trata-se de um movimento para esclarecer à população sobre as fraldas re-usáveis, que tem gerado uma gigantesca leva de adeptos.

Os fatos que eles apresentam para diminuir o uso das fraldas descartáveis não dá para serem ignorados:

• Cada bebê usa pelo menos 6.500 unidades de fraldas descartáveis até serem treinados a usar o vaso.
• O termo "descartável" é usado incorretamente, já que todas as fraldas usadas ainda existem no mundo. Elas levam cerca de 300 anos para se decomporem, portanto, a fralda descartável que você usou ainda existe nos lixões.
• Sete milhões de árvores são cortadas por ano para produzir as fraldas só para a Grã-Bretanha.
• Testes de toxidade dos componentes químicos das fraldas descartáveis (gel e afins) são realizados em animais, dos quais 50% morrem após serem alimentados ou esfregados com os mesmos.
• O custo do uso das fraldas descartáveis está em torno de £1.970, contra o custo de £350 das fraldas re-usáveis.

Ao contrário de 30 anos atrás, hoje as fraldas re-usáveis evoluíram tanto que a praticidade não é mais uma qualidade só das descartáveis. As fraldas re-usáveis vendidas aqui no Reino Unido são produzidas no mesmo formato das fraldas descartáveis, com fechos em Velcro ou botões de pressão (adeus aos perigosos alfinetes!). Para facilitar ainda mais, é possível usar um lenço descartável especial (similar aos Baby Wipes, mas seco) entre a pele do bebê a fralda, para coletar o cocô. Na hora de limpar, basta jogar o lenço sujo na privada e dar a descarga (os lenços são biodegradáveis) e colocar a fralda na máquina de lavar.

Enfm, o Real Nappy Week tem como objetivo alertar à população que existe uma forma alternativa e ecologicamente saudável de usar fraldas. Esta semana todas as cidades estarão promovendo eventos em clínicas médicas para desmitificar uma porção de idéias sobre as fraldas re-usáveis, esclarecendo por exemplo, que elas não dão mais assaduras do que as descartáveis, são mais absorventes e vazam menos que as descartáveis e que são um tanto fáceis de usar e lavar.

Obviamente que existem aqueles que se opõem fervorosamente, mas grande parte da população aqui já está mais atenta e ao menos pretendem diminuir o uso das descartáveis, seja nos finais de semana ou à noite. De qualquer forma, todo pequeno esforço vale a pena para criar bundinhas mais verdes. :o)