« Here We Are! | Main | Manual de Sobrevivência ao Setor de Imigração Britânico »

Os Dias em Leicestershire

A viagem foi tranqüila. Fomos super bem recebidos pelos pais de Mr.M, como sempre. Conversamos bastante, rimos mais ainda e descansamos no jardim. Aliás, o jardim da casa deles é uma delícia! Tem flores e árvores frutíferas, tem horta, espreguiçadeira e um alimentador de passarinhos. Passamos a maior parte das nossas tardes esticados na grama. Uma borboleta pousou bem na minha frente, numa das páginas do livro que eu estava lendo. E outra pousou bem na ponta do nariz de Mr.M!

No sábado fomos às compras no centro. Passamos na Borders lá comprei dois livros: Como Água para Chocolate e Little Women. Depois -- surpresa -- encontramos o DVD Lord of the Rings Two Towers na WHSmith!! O lançamento oficial aqui seria no dia 26, mas no sábado algumas lojas já estavam vendendo e -- como a gente não é silly nem nada -- compramos o nosso! Hooray.

As refeições foram todas maravilhosas. A mãe de Mr.M preparou almôndegas ao forno com pasta ao manjericão, além de bifes com enformado de vegetais, sem contar com sanduíches de bacon, biscoitinhos com Marmite e um monte de outras comidas boas. No domingo, a irmã do Martin fez um churrasco na casa dela e lá fomos nós para mais uma comilança sem fim! Estava tudo ótimo: hambúrgueres, lingüiças, cogumelos, bacon, frango com tempero indiano, asinhas de frango, kebabs, pães, tabule e batatinhas.

Dormimos por lá e no dia seguinte, depois do café da manhã, fomos à um supermercado indiano comprar especiarias. Aliás, aquela área em particular é a região onde se concentra a maior parte da população indiana em todo Reino Unido. É incrível, parece que você está em outro país. Pelas ruas, os únicos não-indianos éramos nós. As lojas são todas voltadas para o público específico: Punjab Açougue, Punjab Cabeleireiros, Punjab Supermercado, Punjab Livraria. E as lojas de roupas são de tirar o fôlego. Centenas de sarees de cores maravilhosas, cheias de detalhes, lindos! E há também lojas de roupas para muçulmanos ortodoxos, que cobrem todo o corpo. Ao anoitecer, lá pelas oito, uma voz intermitente corta o ar de todo o bairro, num tom que me pareceu triste, parecendo uma música, parecendo um choro angustiado. É o chamado da mesquita, convocando todos muçulmanos a fazerem suas preces.

Dentro do supermercado, havia uma caixa de som que tocava uma espécie de mantra/prece sem parar, em volume bem alto. Compramos peppercorns, páprica, dhal, kidney beans e um galão de azeite extra virgem. Tudo tão, mas tão barato! Não chega nem a um terço do preço dos supermercados ingleses.

Voltamos do supermercado e dividimos nossas compras (demos parte das nossas pimentas para a irmã do Martin e ganhamos uma parte das canelas em lascas dela) e a Jackie preparou um delicioso fry-up para o almoço: bacon frito, ovo frito, lingüiça frita, tomates, baked beans e pão. Nhaaaaaam, estava tudo maravilhoso!!!

De volta a casa dos pais do Martin, empacotamos nossas coisas, encaixotamos alguns junkies de Mr.M para trazer para nossa casa e passamos o resto da tarde e da noite só relaxando e aproveitando a companhia.

Ontem de manhã nos despedimos e voltamos para nossa casinha querida. Não sei quando iremos para Leicester novamente, talvez no Natal ou talvez depois. Enquanto isso a gente guarda com saudades esses momentos tão agradáveis que passamos por lá. :o)


7 Comentários

Oi Marcia.

Essa sua descrição da viagem foi deliciosa. Que boas férias,heim? Mas também é bom estar de volta á casinha, não é?

Beijos

Cris

Que delícia descansar em boa companhia.
Fico realmente feliz que vcs tenham se divertido.
Depois conta um pouco mais do DVD, tá? *risos*
Sabe como é, fã de Tolkien não aguenta mais esperar!!!! *risos*

Oi Marcia!
Descobri o seu blog por acaso e estou curtindo muito. Sou uma brasileira que mora na Alemanha e é ótimo ler sobre o cotidiano de alguém mais ou menos na mesma situacao. Me escreva!
Um abraco

Lauren

Muito legal essa viagem, pelo jeito. Eu gosto assim, poder relaxar e ficar olhando as braboletas voarem. :-)

Que delícia amiga....Que bom que vcs aproveitaram mesmo...e de um jeito bem universal né? NhamNham!!! Só uma coisinha....Muçulmanos e não mussulmanos. Desculpe a correção mas como sempre pede para a gente ver isso...
Beijos

Ah, Marcinha, e cê num tirou fotos desse bairro indiano não???? Super legal!!!

Cris querida, que saudades de você! Sim, é bom passear, mas é melhor ainda poder voltar para nossa casinha! Beijos.

Marycota, sei que você é fanzoca de JRR Tolkien, então nem te conto que ainda NÃO vimos o DVD, acredita?? Tudo por conta de Mr.M enrolão que não terminou de consertar o hi-fi dele para a gente assistir com todos os efeitos que o filme merece, tsc.

Lauren, outro abraço! :o)

Mauro, foi legal mesmo ficar olhando as brabuletas ao nosso redor. :o)

Sammy, que bom que você me corrigiu, obrigada, já consertei o erro. Que horror, estou ficando cada vez pior. Como em inglês é muslism, tasquei o ss ao invés da ç. É um erro que venho cometendo com freqüência, tenho que prestar mais atenção. Thanks!

Mary, não tirei fotos não. Sabe que eu tenho até medo deles? Eles nos olham de forma tão carrancuda, principalmente os homens. Nem me atrevo... mêda!