« Dura pouco | Main | Isto existe? »

O Disco 2

No sábado assistimos ao Disco 2 de Lord of The Rings Two Towers, que tem o making-of do filme e entre muitas outras coisas. Pela grandeza da produção, é impossível não se admirar como tudo foi cuidado nos mínimos detalhes, como envolveu pesquisas, estudos, treino, disciplina e muita coragem para recriar na tela uma grande obra literária.

E mesmo assim, dois graves acidentes aconteceram com os personagens principais: Sam, que teve seu pé perfurado por um pedaço de vidro enquanto fazia a última cena do Fellowship of the Ring; e Aragon, que foi levado pela corredeira do rio, empurrado 13m para o fundo e batendo numa pedra antes de conseguir emergir para a superfície, quando atuava na cena em que é quase morto, em Two Towers.

Outro tópico que adorei ter assistido no Disco 2 foi o que mostra como os produtores, juntamente com o fantástico ator Andy Serkis, deram vida ao personagem Golum. Mesmo que a gente tenha idéia do que a tecnologia gráfica atual é capaz de fazer, é espantoso como isso foi feito. Os movimentos da boca, a voz, a expressão dupla num só rosto, incrível.

Como também sou canceriana cheia de emoções correndo entre os glóbulos, também me encantei com o entrosamento de toda a equipe, a dedicação, a exaustão pela arte, o respeito e a irmandade. *chuinf*

E para completar, claro, o Disco 2 também vem com o trailer da última parte da trilogia, The Return of The King, que definitivamente vai ser o mais emocional de todos, no sentido de lutas, perdas, conquistas, traições. O filme já está todinho rodado, apenas nas mãos do diretor Peter Jackson para fazer cortes e edições. E em Dezembro, sai nas telas. Can't wait! :o)


7 Comentários

Eu ainda não comprei o DVD do 2T, estou esperando sair a versão com as cenas adicionais... mas eu tenho a do Fellowship, e são 4 discos de coisas.

Assisti aos documentários daqueles DVDs todos, achei que não ia ter saco mas foi o que você falou, a dedicação da equipe espanta e faz tudo ficar interessante. Se fizessem um documentário com o faxineiro do set era capaz de sair legal também. :-)

Marcinha, eu adorei também o segundo disco. Quando recebemos, ficamos tão felizes que fizemos uma noite "Lord of the Rings descontrol" - assistimos ao filme e vimos o outro CD também. Uma coisa!

Mauro, ouvi falar nessa outra versão. O que há de diferente? São as cenas que foram cortadas? E o que há a mais nesses outros 4 discos do Fellowship? Fiquei curiosa, apesar de saber que a gente não vai comprar outra versão...

Mary, é uma delícia quando a gente faz esses descontrol, né? hehehehe

Marcinha, as versões extendidas tem 30 ou mais minutos extras no filme... vale à pena esperar mais pelo lançamento delas. Tem muitos detalhes que ficaram de fora que são reincorporados nesses minutos adicionais.

Fora isso, os outros DVDs tem horas e horas e horas e horas de documentários sobre todos os aspectos da produção, todos extremamente interessantes. Até coisas que normalmente não assisto, tipo os documentários sobre como foi feita a trilha sonora ou a montagem, por exemplo, ficaram excelentes e mantiveram a minha atenção completamente.

Agora falta só assistir ao filme mais 3 vezes, para poder ouvir as 3 trilhas de comentário diferentes (da direção, dos atores e dos pessoal que fez a adaptação, acho). Para isso faltou coragem, seriam mais de 10 horas adicionais... :-)

menina, eu li os livros há anos, e amei.
pois, ao ver o filme, juro, fiquei de boca aberta: muitas cenas filmadas foram exatamente como eu 'vi' quando li o livro.
impressionante demais, mesmo.

Mauro, muito obrigada pelas suas explicações! Fiquei morreeeeendo de vontade de ver esses minutos adicionais do filme. Arrghhh.

Bia, eu ainda não li o livro, acabei de ganhar um e daqui a pouco começo. Se o filme é tão bom, a leitura deve ser deliciosa.

É isso mesmo, Ma!
A versão extendida é sempre melhor.
O problema é que ela traz mais coisas do que a versão normal, em termos de documentários e etc. Putz! Então, no final, tem que comprar os dois, porque o que sai em um não sai no outro!
Oh Gosh...