« Satisfação | Main | Amanheceu, peguei a viola, botei na sacola e fui viajar... »

Só nas novelas daqui

Tem coisas que só as novelas inglesas podem fazer. Não, minha gente, aqui não temos Mulheres Apaixonadas. Mulheres nas novelas daqui são só neuróticas, paranóicas e obsessivas. Apaixonada não tem nenhuma. Mas ao contrário das consagradas novelas brasileiras, aqui as novelas não terminam. Como assim? Não, não tem fim. Não tem "the end". Continuam por anos a fio. Coronation Street já está no ar há mais de 30 anos. EastEnders, há 25 anos.

Então os escritores novelistas ingleses podem fazer algo impossível de acontecer nas novelas brasileiras: o retorno de um personagem dado como morto após 14 anos. Não estou me referindo àquela passagem de tempo em que se lê "14 anos mais tarde...", não. Não, não, não. 14 anos reais, quase uma década e meia, e o personagem retorna à trama principal.

A proeza aconteceu na semana passada em EastEnders. O assassinato de DirtyDen nunca foi totalmente esclarecido e o corpo que supostamente seria o dele estava sem condições de ser identificado. Den havia deixado uma filha adotiva da qual era muito apegado, uma outra filha e um filho naturais, dos quais nem sabia da existência até o presente momento. Os três filhos acabaram se encontrando e passaram a investigar os passos do pai, até culminar no encontro assombroso daquele que não morreu.

Obviamente que após 14 anos, os personagens nem precisam de maquiagem para sugerir o envelhecimento. Tudo é natural, as pessoas estão mais velhas, os filhos crescidos, alguns amigos já morreram. A única coisa que não mudou nesses anos todos foi o cenário, o mesmo pub, as mesmas casas e a mesma rua de sempre.

Em minha modesta opinião pessoal, a volta de um personagem é interessante quando vem para explicar algo na trama, surpreendendo os leitores (ou telespectadores) como nos contos de Aghata Christe. No mais, voltar por voltar, só traz a sensação de que a novela perdeu seu rumo e quer voltar ao sucesso que era antes. No caso de EastEnders, creio, deve ser o segundo caso.


6 Comentários

COMÉQUIÉ???? Quer dizer que novela na Inglaterra é que nem emprego público no Brasil?
Estável, para a vida toda? Uia!

Beijo, Marcinha!

Hahahaha, aqui também tem EastEnders na BBC. Tem até uma coisa chamada "EastEnders Omnibus", sabes me dizer o que é isso, queridoca??? :c=

It must be so boring, Marcinha!
Aqui no Brasil, as vezes nao consigo assistir a novela em poucas semanas já estou cansada. Ontem começou "Celebridades", que traz Malu Mader e Claudia Abreu de volta a telinha. Li que o primeiro capitulo teve picos de audiência muito superiores que outros sucessos como "O Clone"e "Mulheres Apaixonadas". Mas para ser sincera me decepcionei c/ o primeiro capitulo. Over demais!A protagonista (Malu Mader) é sequestrada e levada para uma casa distante e em poucos minutos o elenco inteiro da novela (todos os nucleos)+ policia+bombeiros...Um exagero cansativo! É muito cedo para julgar a novela, mas me parece que foi feita por encomenda. Pesquisaram o que o brasileiro mais gosta hoje em dia: Ler Caras, assistir reality show etc...

Olha.....as mulheres da novela brasileira...são loucas, neuróticas, burras,sem nenhuma grande questão a tratar.....na novela Mulheres Apaixonada eram todas completamente doidinhas! E chatas! Além de não terem escrúpulo nenhum em seduzir alunos menores, roubar maridos das amigas, sobrinhas,...e mil etc....Logo, novela é em todo mundo igual!

Marcinha, você sabe o que houve com o "Minoria de dois - Lagarta Azul"? Faz tempo que tenho tentado acessá-lo, mas não consigo...

Oi!É a 1ª vez q entro no seu blog...ainda não tive tempo de ler...mas vc foi passear e acabou ficando aí????
Bjos...