« Muitos chefes em minha cozinha | Main | A Próxima Página »

Marcador de Páginas

Angel.jpg

Hoje estaríamos comemorando nosso segundo aniversário de casamento. Apesar da imensa gratidão que temos um pelo outro por sermos parte de um relacionamento tão precioso em nossas vidas, hoje não estamos celebrando.

Porque hoje, pela terceira vez nesta semana volto do hospital. E não há nada mais a fazer a não ser aceitar a perda do nosso primeiro bebê.

A dor, o desolamento, a imensa tristeza têm devastado nossos dias, nossos planos, nossos sonhos. A cada instante, a cada gota de sangue, a cada contração, perdemos alguém que há algumas semanas já havíamos acostumado a amar.

Não há muitas palavras que nos tragam muito conforto, não há sequer uma intenção minha de procurar compaixão aqui. Por isso peço, encarecidamente, que nos poupem de comentários sobre adoção, que ainda somos novos, que o feto era muito novo, que isso acontece, que ainda era muito cedo, porque não, não é isso que queremos ouvir neste momento, nem é isso que vai nos fazer sentir melhor.

Se hoje escrevo aqui algo tão íntimo e delicado e pessoal, é porque é simplesmente impossível deixar de pensar, lamentar e viver o que estamos passando.

Estamos vivenciando nosso luto e não sabemos quando ou se um dia essa dor vai mudar. No entanto, no dia do aniversário do nosso casamento, podemos ter a certeza de que atravessamos uma fronteira em nosso relacionamento. E quem passa por essa fronteira nunca mais é o mesmo. Estamos mais unidos que nunca, estamos mais forte individualmente apesar da imensa perda que despedaçou nossos corações. Mas estamos juntos, repartimos agora essa mesma perda, em iguais pesares, em nossa vida em comum.

Por muito tempo escrevi aqui como a vida vinha se apresentando, com bons e maus momentos, com relevos e planícies, com sorrisos e lágrimas. Como em todo livro, como em toda estória, há sempre um conflito, um drama que enriquece a trama, o ápice da crise.

E neste momento, alcanço esta fase da minha vida escrita aqui. E em como todo bom livro (porque, afinal, eu espero que minha vida tenha sido uma boa leitura até aqui) há sempre aquele momento em que a gente precisa descansar o livro, colocar um marcador na página e refletir em tudo o que foi lido. Meu momento de fazer isso chegou nesta página.

Aqui coloco meu marcador. Não sei quando volto a escrever aqui. Não sei quantas páginas mais serei capaz de escrever depois do conflito. Mas agora tudo o que posso pensar é em respeitar nosso momento de luto, de desilusão e já de tantas saudades.

Que o nosso pequeno, a quem chamávamos de Little M, vá voando feliz para o céu, de onde irá acompanhar nossas vidas aqui na Terra.

Vá Little M e seja feliz com o amor tivemos e que sempre teremos por você. Já sentimos muitas saudades e nunca, jamais esqueceremos de ti.

"Would you know my name
If I saw you in Heaven?
Would it be the same
If I saw you in Heaven?

I must be strong
And carry on,
'Cause I know I don't belong
Here in Heaven.

Would you hold my hand
If I saw you in Heaven?
Would you help me stand
If I saw you in Heaven...?

I'll find my way
Through night and day,
'Cause I know I just can't stay
Here in Heaven.

Time can bring you down,
Time can bend your knees.
Time can break your heart,
Have you begging please,
Begging please...

Beyond the door
There's peace I'm sure,
And I know there'll be no more
Tears in Heaven..."


83 Comentários

Márcia, a dor é de vocês, mas aqueles que te acompanham, como eu, gostariam de se solidarizar com vocês..

Marcinha and Martin, please accept mine and Stefan's best wishes. Marcinha, minha amiga, estou aqui engasgada. Queria dizer apenas que penso em vocês, rezo para que tudo dê certo e espero que vocês possam passar por esse momento delicado o mais rápido possível. Estarei aqui sempre que você precisar.
Beijo, te adoro, Mary

Márcia,

Sei que as palavras nao serao suficientes...Peço a Deus que voces superem esse momento de dor!
Desejo força, Um gde abraço!
Com carinho
Aline

Força.
Um grande abraço,
Paula

Márcia,
Vocês estarão sempre nas minhas orações.
Muita paz para vocês.
Beijos cariocas.

Márcia, ha minutos conheci tua história no site "Oi Londres" e resolvi acessar teu blog pra "desbravar" um pouco mais... e, de repente, deparo-me com esta história... Desejo-te muita força, muita fé e muita paz no coração... Não esqueça que a morte não existe, é apenas uma passagem... Certamente, teu filhinho estah te acompanhando da erraticidade, olhando por vcs a todo momento... Confie em Deus e na espiritualidade amiga... Vc não estah desamparada em nenhum momento. Muita luz!
Vanessa
Brasília-DF
BRAZIL

Respeitando teu pedido, apenas:
Sentiremso tua falta.
Fique bem.
Bjs, Mauri.

Marcinha,

Espero que o tempo seja ágil em aliviar o coração de vcs. Pensamentos positivos são sempre válidos e os meus estão direcionados para vcs dois.

Beijos com carinho

Cara Márcia,

Acalanto da rosa

Dorme a estrela no céu
Dorme a rosa em seu jardim
Dorme a lua no mar
Dorme o amor dentro de mim

É preciso pisar leve
Ai, é preciso não falar
Meu amor se adormece
Que suave o seu perfume

Dorme em paz rosa pura
O teu sono não tem fim

Vinícius de Moraes

A rosa pura que é o seu bêbe dorme em paz.
Que essa mesma paz possa chegar a vocês o mais cedo possível.

Por um breve momento eu achei que fosse o trecho de algum livro...
Ah Marcia, lamento tanto. Sinceramente.
Não sei o quanto está sendo duro para vocês, mas saiba que oro para que essa dor seja aliviada o mais depressa possível. E ainda que ela não desapareça de todo nunca e nunca seja superada totalmente, sei que haverá um momento em que mais que a dor restará a saudade. Beijos

Marcinha, carinho nunca é demais, ainda que virtual.
Gosto de você, assim, de graça.
Espero que fique tudo bem.
Beijos

Marcia,
Sempre leio teu blog, mas quase nunca comento, pq eu n sei, gostaria apenas de desejar força e deixar um bjao p/ ti e pro Martin.Espero que essa pausa seja breve, uma tomada de folego p/ continuar seguindo...

Bjos 1000

Ana Karla

Querida, quero só te deixar muita força e um abraço apertado.

:*

Eu também quero deixar só um abraço, e desejar muitos momentos bons para quem trouxe muitos momentos bons para nós. :)

Márcia e Mr. M

Que vocês possam sentir toda a raiva, tristeza e luto deste momento. Eu, e tenho certeza que todos que a conhecem virtualmente, continuaremos a visitá-la todos os dias. Quando quiser apenas dizer oi, volte.
Beijos
Beth

Querida Márcia,

Desejo que vocês fiquem bem.

Tudo na vida passa e essa dor, certamente, vai passar... restando somente um grande, enorme e eterno amor no teu coração e no do Martin.

Que Deus os conforte, guarde, ampare e ilumine,
Com amor,
Giorgia

um grande, grande abraço.
como vc disse, perdas fazem sim parte da vida, luto faz parte, e é muito saudável você já saber disso.
fica com Deus, pequena grande Márcia.
volta quando puder, quando quiser, estaremos aqui.

Márcia,
Que Deus possa confortar os seus corações, de maneira que nenhum ser humano é capaz. Mando meus melhores votos de amor e carinho para vocês.

Um grande e terno abraço
Talita

Não há dor maior no mundo!
E não é todo mundo que tem um anjo da guarda tão especial assim em suas vidas.
Vc e Mr M sairão mais fortalecidos disso, pode ter certeza.
que DEUS ilumine vcs!

querida
que o Senhor dê a vc e ao seu marido a força
necessária para continuar caminhando.
vocês estão em meus pensamentos e orações
com todo amor
leticia


jerem 29:11-14
prov 17:17

Só posso dizer o que já disse antes. Amo vcs!
Um beijo Sammy, Milton, Tamuz e Cassy.

Poxa, sem comentários... Nós nem nos conhecemos de verdade, mas fiquei mto chateada com o que aconteceu. Achei seu blog faz pouco tempo, por acaso, e aprendi a gostar tanto de vc! Todo dia entro aqui, esperando para ler mais um capítulo deste livro, que é sua vida, e que gentilmente você divide com nós. Só posso rezar por vcs e torcer para que vc continue nos presenteando com suas histórias, repletas de sinceridade e sensibilidade. Bjos

.................

Beijo enorme!

Márcia,

Não me ocorre dizer nada mais a não ser que lamento profundamente a vossa perda. Infelizmente eu sei aquilo porque vocês estão a passar, porque eu também já estive nesse buraco negro de tristeza, sensação de perda e de injustiça... Não quero dizer nada que te possa magoar, porque sei que nessas alturas nada nos pode confortar. A dor é grande demais... Desejo apenas que tenham toda a força do mundo e que se amem cada vez mais.

Com carinho,

Sónia

(se precisares de falar, em qualquer momento, podes contar comigo)

Um grande abraco para voce e seu marido.
Com muito carinho,
Luciana

Não há palavras que possam confortar num momento desses...desejo força a vocês para superarem esse momento difícil. E respeito sua decisão de parar. Tem horas que a vida atropela a gente, não tem jeito.
Um grande abraço com muito carinho e essa música do Eric Clapton sempre me leva às lágrimas, diz tudo que há para se dizer sobre isso).
Marcia

Marcia e Martin,
Muita força e coragem para vocês.
Estamos aqui torcendo, viu!

Marcia:

Eu não sei o que escrever porque tudo o que pensei enquanto lia o teu post, você disse que não eram coisas que queria ouvir e eu entendo.
No fim tudo dá certo e essa dor irá unir vocês ainda mais, entendendo que têm mesmo uma missão a cumprir.

Num momento assim,não há mesmo o que dizer.As palavras ficam vazias e sem sentido.Já pasei por uma perda muito dolorosa e lhe comprendo muito bem.Um beijo em seu coração e no do seu marido.

Querida Marcia, sinto muito. tenho fortes experiências de perda e sei o quanto nos sentimos vazios...Porém, tenha fé, a dor se ameniza.
Sou psicologa e me especializei em neonatologis, atendendo pais de bebes no hospital. Se puder ajudar de alguma form, o farei, pelo menos rezando...Um beijo em vcs.

Seu anjo se foi, mas está velando pelo outro que virá e por vocês, que serão pais maravilhosos. Meus sinceros sentimentos e a mais profunda admiração por você Marcia, tão terna e meiga, sempre. Todos os seus leitores desejam-lhes o melhor e certamente - em breve- haveremos de ler as estórias de sua História de Vida.
Fiquem com Deus.
Muita paz e um beijo carinhoso
Bia

Marcia.... justo neste dia...:-(
Mas nao desanime, pois eu ja vi isso acontecer muitas vezes na primeira gravidez e depois dar tudo certo na segunda. Conheco criancas lindas, que foram a segunda gravidez, depois de um aborto espontaneo. Essas coisas parecem que acontecem pra testar tudo, a forca individual e a do relacionamento. Tenho certeza que voce e seu marido vao sair fortalecidos dessa triste experiencia e daqui um tempo vao estar festejando uma vitoria e felicidade merecidas. Nao desanime! Bola pra frente e pensa positivo, pois hoje ja eh outro dia.

beijao!

Um abraco, Marcia

Márcia,
Fiquei muito triste em saber da sua perda e vim aqui pra te dizer que tb passei por uma perda igual em 2001, tb foi duro pra mim, fiquei em depressão que só melhorou depois que passei a fazer terapia.
O que te digo é q vc não deixe de vivenciar seu luto. Extravaze ele ao máximo, chore, grite, esbravege, pois tudo isso faz muito bem a alma quando estamos em uma situação dessa. Não deixe nada parado em seu coração, pois ele deve estar livre para o próximo bb que virá com toda certeza.
O que me ajudou muito foi fazer um ritual de luto(foi como eu chamei) Eu fiz uma despedida pro meu bb. Pensei nele, fiz uma oração desejando que ele fosse em paz, disse q o amava muito e que esperaria o dia q ele fosse resolver voltar (sou espirita por isso disse isso), acendi uma vela. Isso me fez um bem danado e meu coração ficou melhor!
Quando engravidei novamente fiquei apreensiva, mas deu tudo certo e hj eu tenho uma filha linda de 10 meses que me da muita alegria. Não deixo de pensar como será q seria o primeiro bb, mas sei que o que aconteceu serviu pra me fortalecer.
Espero que sua dor passe logo e que vc volte renovada pra este espaço que amo tanto. Mesmo sem te ver pessoalmente e nem aomenos te conhecer, te considero minha amiga e simplismente amo ler tudo o que escreve aqui. Aprendo muito com seus post principalmente as coisas relacionadas a Inglaterra, pq não sei ingles apesar de viver aqui. Então faço seu blog de orientador para os assuntos q não consegui entender sozinha com as noticias da tv ou jornal. Quando não entendo algum assunto eu corro aqui no seu blog....hehehehe
Bjos e muita luz!
Rachel

te amo, bonequinha e sinto saudades.

Márcia:
que vocês possam superar esse luto da melhor maneira possível.
Um abraço.

Emocionei-me como se houvesse acontecido com um familiar.
Eis uma das coisas mais profundas que já li na internet.
Foi muita coragem abrir-se para todos.

Estou solidária a vocês.
Fiquem com Deus.

Tb não sei oq dizer, então melhor não dizer nada e deixar aqui um abraço apertado e um beijão.

Be strong

Estou solidaria com neste momento triste...
Beijos....

Quando a vida nos coloca de lado, e
nosso coração parece derreter, e em nós não habita mais alegria, que o bem que achávamos que merecíamos não veio da maneira que esperávamos e os conflitos inundam nossa mente e um só pensamento nos invade: Não dá mais.
Aí sim descobrimos uma coisa muito especial, existe alguém que nos entende sem nenhuma explicação. E você descobrirá!
Olhe para cima, aguarde no Senhor Deus, esperança de nosso coração dilacerado. Saída da vida. Ele levou sobre si as nossas dores, o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele e por Suas chagas fomos sarados.
Creio que só o Senhor poderá consolar seu belo coraçãozinho e o do Mr. M. Eu apenas estou aqui para dizer que mesmo tão longe estou ao seu lado.
Beijinhos

Só queria te dar um abraço.

Querida marcia

Sempre penso em vc, aqui ta perto de mim!
Me diverti muito mesmo lendo suas paginas, as vezes passamos por coisas tao parecidas!!!!
Na verdade o que quero dizer e que estou profundamente triste com a sua perda. Espero do fundo do meu coracao que vc e Mr M consigam passar dessa, pois afinal o amor de vcs e tao lindo e tao sincero , com certeza vcs vao ter outra chance!

Mil abracos e positive vibraions pra vcs dois

Leticia

Sinto muito... Carinho e abraços para vocês dois. Vou continuar entrando aqui sempre, relendo as coisas antigas e esperando pelas novas.

Beijos,
Amanda

Que o Anjo do Senhor esteja com vcs nessa hora dificil.
Nossos pensamentos e oracoes estao com vcs.
Grande abraco.
Angela

Ma...

Lamento ter chegado tão tarde...
Que o caminho de vocês seja repleto de luz e calor, para aplacar a dor dessa perda.
Que vcs possam seguir em frente com determinação, já que agora são mais fortes.
Eu só queria estar aí, do seu lado... Te abraçando e chorando junto com vc, como estou agora.

Coragem e perseverança. Nunca dão a nós um fardo que não podemos carregar.

Conte conosco, sempre.

Ma e Jor

Que a Luz do divino senhor ilumine seu caminho e que tuas lágrimas lavem tua alma da dor que sente.
Você estará comigo em minhas orações.

Um Grande e Caloroso Abraço

Marcinha, que tristeza, so desejo que voce fique bem e que voce e Mr M consigam superar esse momento tao dificil. Um abraco com muito carinho, Lu

De todas as tristezas que existem certamente esta é a maior delas...
Havia um botao de rosa nesse jardim...Exalava seu perfume.Mas certamente o jardineiro que é sábio e conhece o fim desde o principio colheu esse botao para brotar mais tarde num jardim que teremos.
Vamos lembra-lo assim?
Como se fosse um botao de rosa...que mudou pra outro jardim?
beijos e coragem...coragem...coragem...
Deus conceda-lhes coragem.
Volta logo! Vem prá cá. Te abraçaremos.

Marcinha,
Espero que você esteja se recuperando bem e que logo esteja brilhando e pronta para receber um novo anjinho. A natureza é sábia e faz sua própria seleção, portanto tenha fé e paciência que logo você e Mr. M estarão com seu filhote no colo.
um beijo carinhoso
Márcia