« É Dezembro! | Main | The Sims 2 - Patch »

My Little Fox, my Little Prince

LittleFox.jpg

Meu querido husband trouxe de Lyon essa fofíssima Little Fox para mim, presente delicadíssimo e cheio de carinho da parte dele. Para quem não sabe, quando ainda éramos namorados românticos e apaixonados, ele me chamava de Little Fox e eu o chamava de Little Prince. Hoje ele me chama de cabbage head, mas enfim, aqueles eram outros tempos. E os nossos apelidinhos queridos se deram não por causa daquela famosa frase de "tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas", que já virou chavão, mas sim por aquela passagem tão singela que a raposa dizia ao Pequeno Príncipe: "se você vier às quatro da tarde, eu começarei a ser feliz às três." E era nesse horário que a gente se encontrava para bater papo, eu no Brasil e ele na África do Sul.

Eu gosto de olhar para trás e relembrar esses momentos cheios de glucose, olhar para a cabeça de Mr.M que lembra os campos de centeio e sorrir porque para mim ele é único, assim como a raposa se tornou a única entre todas as raposas e a rosa se tornou única, em todo universo.

*ai, ai*


14 Comentários

Quando há amor não há limites -isso sim é chavão- mas é a pura verdade e acho que o romantismo com o tempo não desaparece e sim se modifica e as vezes deixamos de perceber. Pq eu leio sempre seu blog e acho tão romântico procurar mine formas para fazer sobremesas, ganhar chocolate em pó e ver TV juntos. Enquanto que acho que meu namorado nunca nem soube o que é romantismo. Mas vai ver que quem tá de fora acha ele bem romântico. No mais vivam muito esse amor e acho que nem preciso dizer isso pois você nos prova isso todos os dias com seus posts. Um abraço, Beta

Eu totalmente AMO esse livro, e acredito que a carapuça depreciativa de "livro pra miss" não lhe cabe messsssmo... Acho-o profundo e cheio de verdades simples, e exatamente por isso, mais verdadeiras. Tentei fazer o Alaric gostar também, imprimi pra ele a versão em inglês e pedi que ele lesse um ou dois capítulos pra mim, todas as noites (ele gosta de ler para mim). Bom, acho que essa delicadeza poética e ingênua não fez muito a cabeça dele. Pena. Mas que raposa mais fofa e que presente mais meigo (e cheio de significado). Por um desses a gente aguenta de ótimo humor qualquer cabbage head, né? hahahaha (socorro, o meu noivo me chama de Little Piglet!!!). Bjs,

Marcinha, queridoca, que bonito esse post. Que lindo esse gesto do Mr.M, que cada vez mais me prova que ele te merece, que sabe a jóia que conquistou. Minha flor, um beijo pros dois. :c*

Mr.M, you are the best! (well, ALMOST the best, Stefan is number one to me, ok? :c))))

Esse é um dos livros mais lindo do mundo e o blog tb.
Bjão
Kika Barros

Marcinha,

Sao em gestos especiais como este que a gente percebe que precisamos realmente de poucas mas verdadeiras coisas para ser feliz.
Acho que vc tem razao sobre o recadinho que deixou la no meu blog...vou pensar em coisas mais importantes e deixar o stess de lado.
Um beijo.

Lindo, assim como é a história de vcs!

Oi Márcia,
Que bonitinho ver voce escrever sobre seu amor. É muito bom mesmo ter alguém que amamos do nosso lado.
beijinhos, Isabella

Márcia
Tenho acompanhado seu blog desde setembro/2003,e ainda era um blog, quando procurei no cadê por'Bournemouth' (meus pais estiveram aí na casa de um amigo, Mr. geoff Ratcliffe). Adoro seus comentários e ADORO "O Peuqeno Príncipe". Vibro com cada vitória e cada alegria sua.
Beijos
Lílian

Oi Marcinha, ha quanto tempo eu nao aterrissava aqui!
E, as coisas mudam mesmo com o tempo. Nao necessariamente para pior, mas a gente nunca volta aos bons tempos do comecinho.
Nunca fui muito fa desse livro...
Beijocas,

Ai ai Marcinha,com o tempo as borboletas na barriga se acalmam,mas é muito bom ter alguém que amamos ao nosso lado,

Beijo

* Adoro o Pequeno Príncipe

Oi Marcia!
Primeiro quero dizer que fiquei muuuuito surpresa com um comentário teu no meu blog. Há tempos que lia o teu e vivia dando palpites, mas como nunca tive "notícias" tuas, achei que estava sendo incoveniente. Boba que fui.

Agora leio esse post e me identifico de cara. Sim, porque essa parte de ser feliz as 3h, de querer saber quando a pessoa vem etc, era o que regia o meu namoro com o meu ex. Eu amava essa parte do livro. Loucamente. E agora vejo que você coloca o mesmo trecho aqui.

Beijos, Marcia

Quero apenas fazer um adendo ao meu comment, que saiu meio azedo (consequencia direta de estar brigada com o namorado): como a Carla disse, e claro que e otimo ter alguem ao nosso lado sempre, alguem com quem voce pode contar, mesmo que as butterflies on your tummy tenham se acalmado! Bjs,

A Love story is always a love story.
This book is simply fantastic. I loved it and I do agree with the sentence. We are totally responsable for everything (and everybody).

Martin... Thank you very much to make my friend so happy. I`m so glad you are together!!!

Beta, obrigada pelo seu lindo comentário. É, eu acho que o romantismo se modifica com o tempo, fica menos melado mais ainda assim muito doce. E acho que seu namorado também deve ter seu jeito de ser romântico e te chamar de Piggy dos Muppets, hehehe.

Marie, Mr.M leu o livro porque tem ilustrações coloridas e letras grandes. E Little Piglet é um apelido bonitinho também (melhor que cabbage head for sure!), aqui o povo adoro um porquinho-bebê, eu também acho lindinho pra falar a verdade!

Mary queridoca, obrigada, Mr.M também é uma joiazinha, cê vai ver. *pisc*

Kika, obrigada!

Ane querida, beijo pra você e se cuide bem, viu?

Valeria, obrigada!

Isabella, é muito bom sim!! Beijos.

Lilian, obrigada, que bom que você gosta daqui!

Carla, é verdade, mas continua sendo bom.

Marcia, imagina, cê é muito bem vinda aqui, nunca seria inconveniente!! Eu é que estou totalmente relapsa em responder meus comentários...

Marcia de Souza, hohoho, tudo bem queridoca. As borboletas se acalmam mas continuam por aqui. Principalmente quando ele tem que viajar e ficar um tempo fora. Aí quando ele volta as borboletas se assanham de novo! Pensei que cê tava de boicote com meu blog, só te via no Montanha e nada de passar por aqui... sim tô carente! :p

Marycota, thanks dear! ;o)