« God Jul | Main | The New Swedish Army »

Swedish Way of Life

Well, 17 graus negativos hoje. Acho que essa é a temperatura mais baixa que sentiremos em nossa estadia. Muito ar frio, a roupa congela, aquela coisa refrescante toda.

Tivemos um Natal bem feliz com toda a família do Stefan, além da cã Lona e do gato O'Boy (cool name, huh?). Todos foram absolutamente adoráveis conosco, bastante simpáticos e receptivos, sempre querendo nos agradar em tudo! Uns amorecos mesmo. A sobrinha mais velha do Stefan e da Mary ainda veio nos falar em inglês "Merry Christmas, Welcome to Sweden". Awwwnn, how sweet!!

Comemos um mundarel de comida, tudo muito bom, muito bem feitinho pela família toda. E ah sim! Se há algo que preciso me acostumar é com a tal da fika, que é quando você é intimado a parar tudo e tomar café com mais uma montanha de petiscos doces, biscoitos e bolos. E não se pode dizer "ah não obrigada", pelo visto. TEM que comer e tomar café. Agora estou aprendendo a não comer tanto na refeição para dar espaço pra sobremesa, seguida da fika. E eu vou fikando um balão, aiai.

Outra cousa interessante é que finalmente nosso organismo está entendendo como funciona os horários de luz e escuridão aqui no topo do mundo. No começo ficávamos exaustíssimos lá pelas sete da noite, morrendo de sono e cansaço porque parecia que estávamos horas e horas acordados até altas horas da noite. Ainda é estranho ver o sol se pôr antes das duas da tarde, mas pelo menos nosso corpo já sabe que nem por isso já é hora de ir pra cama.

Que mais... Mary e Stefan têm sido os amorzinhos de sempre, demos várias risadas, ouvimos várias histórias, fofocamos sobre muitos blogs que lemos, trocamos muitas experiências, uma delícia conviver com eles.

A quantidade de neve é realmente imensa e incomensuravelmente linda. Parece que tudo foi coberto de açúcar, mas muito açúcar mesmo. Mas eu às vezes paro pra pensar em quem mora aqui e convive com essa neve o tempo todo. Deve ser bem difícil algumas vezes. Porque demora um tempão para a gente se aprontar para sair: thermals, roupas comuns, calça de pena, casaco de pena, cachecol, luvas, chapeu, bota. E saímos com neve pelo joelho, carro coberto de neve, ruas cheias de gelo escorregadio, ar seco e gelado no rosto. E daí a gente volta cheia de neve na bota, na calça, no casaco. E sacode tudo, tira tudo, pendura tudo, roupas molhadas e frias. E já está escuro e o dia mal começou.

Eu realmente admiro a Mary, o Stefan e na verdade todo o povo sueco daqui de cima porque eles são na verdade grandes guerreiros, vikings ou não. Passam por tudo isso com a cabeça erguida, aceitam e convivem bem com a natureza que os cercam, aprendem e respeitam os limites do clima. E vivem o melhor possível, em condições que para muitos seria extremo demais. Para eles eu aplaudo de pé mesmo.

Está sendo uma experiência fantástica para nós passar esses dias na Suécia, entre nossos anfitriões suecos. Só assim a gente aprende o quão frio é frio, o quão escuro é escuro. E o quão maravilhoso é maravilhoso.

:o)


8 Comentários

Muito obrigada por compartilhar todas estas sensações. Coloque mais fotos, please...vamos adorar!
Beijo

Que lindo Marcinha. Não tem outra palavra não. Que LINDO :)

Ola Marcia,
Vim visitar o seu Blog via outro blog de outra moca que tambem tem a vida bem parecida com a nossa.
Mesmo contando as idas e vindas tropicais, eu tenho 2 anos de Inglaterra e me casei com um Ingles em Outubro passado. Well, nao preciso continuar para notar-se que temos bastante coisas em comum.
Que legal que voce viu ( ou esta vendo ) bastante neve, aqui onde moro ( sul da Inglaterra, Hampshire ) neve nem pensar. So frost, frost, fros...
Bom, um beijao e espero que seu ano novo seja maravilhoso.
Cristina.

Marcinha!! Agora espalha pro mundo o frio que a gente passa nesta terra!! srsrss
Adorei a foto de vocês duas juntas. Feliz Natal e tenham um ótimo passeio na Suécia!

Que legal Marcinha...Muito legal esse seu post contando como tá sendo as coisas pos aí...Tem mais fotinhas???Eu amo fotinhas e vc falando da neve me faz imaginar como deve ser...eu nunca vi neve, deve ser a coisa mais linda no natal :)
Um bjão

marcinha
estou amando esse encontro entre esses dois blogs queridos.
beijo
lety

ah! por acaso o meu e-mail e a url do chorumelas esta bloqueado por aqui? Nao consigo postar de jeito nenhum...

Oi Márcia,
Nossa, só de ler seu coment, fiquei com frio :)
Mas é o que vc falou, esse povo merece mesmo nossa admiração por saber conviver tão bem com o clima que existe aí.
beijinhos e aproveitem tudo ao máximo!!!