« The Baker's Apprentice - Part I | Main | The Baker's Apprentice - Final »

The Baker's Apprentice - Part II

Então hoje foi o tão esperado dia de assar!

A massa fermentou bem durante a noite e hoje de manhã já havia murchado um pouco e mudado de cor para levemente acinzentada e o cheiro também ficou menos azedo e mais doce.

A tarde fiz um molho de tomate para a base com azeite, alho e... bem, tomates. Deixei apurando até o molho se reduzir a uma pasta, e minha cozinha, em um show de tomate respingado. Mas valeu a pena e ficou bom e brilhante.

DPP_0001.JPG

Esperei o Martin chegar para a gente se divertir abrindo os discos de pizza (uma para o jantar e outra para congelar). Para não esmagar as bolhas da fermentação, usamos o método que não utiliza o rolo de massa. E é aí que entra a diversão porque vale fazer de tudo para esticar a massa, menos usar o rolo. Pizzaiolos feras jogam a massa pra cima fazendo uma espiral e com esse movimento a massa se estica igualmente. Martin bem que tentou e até esticou a massa um pouco, mas depois preferiu achatar com as mãos mesmo. Eu fiz um disco com a palma da mão e depois ergui a massa verticalmente e deixei a gravidade puxar o resto. E assim ia virando e fazendo a massa se esticar sozinha. Aconteceram alguns acidentais buracos, claro, mas tuuudo bem. E então meu disco ficou propositalmente disforme e feio, mas satisfatório para o que eu queria: uma pizza rústica.

DPP_0002.JPG

Fizemos a cobertura com molho de tomate, queijo muzzarela (de vaca, não aquela coisa redonda boiando em água que vende aqui), orégano e bacon torradinho. E pro forno! Nossa BakingStone já estava a postos, forno na máxima temperatura. Só tivemos dificuldade de colocar a pizza na pedra quente, já que a gente não tem daquelas pás enormes de deslizar o disco no forno. Mas conseguimos.

Em poucos minutos a borda começou a crescer e o cheiro maravilhoso da massa assando nos encheu de fome!

CRW_9612.JPG

Adoramos a pizza, o sabor ficou excelente, exata quantidade de sal, cheiro de fermento. But... not there yet. Ainda não fiquei 100% satisfeita, a borda não ficou cheia de ar e bolhas como deveria. Ficou mais para pão. Não foi de todo mal, ficou crocante, levinha e um maleável, só não ficou napolitana!

Mas esse é só mais um incentivo para continuar tentando!! Enfim, tivemos um ótimo jantar, com vinhozinho Shiraz e boa diversão.


6 Comentários

Adorei a sua historinha da aventura fazendo pizza. Tb. curto muito fazer essas coisas mas no apto. que estamos morando agora aqui em barcelona só temos espaço prá uma geladeirinha tipo frigobar, um fogao elétrico de duas bocas (ruimmmmm, nunca reduz ou aumenta a temperatura na quantidade adequada) - ambos, tanto a geladeira como o fogao, já sao do apartamento- e um forninho que eu comprei (precisamente porque nao aguentava mais nao poder comer pizzas e assados em casa!!!).
Abraços, Márcia.

Ah, e parabéns pelas fotos! Além de adorar a maneira como vc escreve, devo reconhecer que as fotos estao dignas de um livro de culinária! :)

Marcia,

Você devia era virar banqueteira, menina!
Vem cozinhar bem assim aqui em casa! :)

Abraço,

Marcinha, que delíííííííííícia. Nossa, são nove da manhã e eu estou aqui agüando! :c)))) Beijocas.

Que delícia! O mais incrível é a tua paciência para fazer isso!

Oi Márcia!!
Uau! Nham Nham! Quero um pedaço!!!
beijinhos