« Presentes de Natal! Mas já?? Sim!! | Main | The Baker's Apprentice - Part II »

The Baker's Apprentice - Part I

Novo amor esse de assar pão. Já li tanto sobre fazer pães e pizzas em casa! E tudo começa a ficar cada vez mais e mais fascinante. Entender como o fermento biológico funciona é incrível. As bactérias precisam de três coisas para serem ativadas: calor, comida e umidade. Mas tudo em proporções certas, senão elas morrem. Então água morna e açúcar é o que elas recebem. E em troca, elas nos dão a fermentação que o pão precisa para ficar fofinho.

Hoje comecei a fazer a primeira parte do que vai ser uma pizza e alguns pãezinhos. Ativei o fermento biológico que foi crescendo e crescendo na água morna e doce e fez uma espuma bonita e espalhou o perfume azedo por todo apartamento. Tem gente que não gosta do cheiro, que lembra cerveja, mas eu gosto.

Dough.jpg

Enquanto o fermento crescia, pesei e peneirei as farinhas -- strong branca e semolina --, aqueci-as por uns minutinhos no forno e preparei um buraco no meio para receber a espuma de fermento. Estava tão entusiasmada com essa fase que esqueci até de fotografar.

E então veio o momento mais significante da preparação: sovar a massa. E my goodness gracious me, sovei, sovei, sovei por vários minutos. Que canseira, meu god. No começo quando a massa está pesada com o líquido e a farinha e meus pobres músculos sedentários precisaram trabalhar intensamente até finalmente tornar a massa numa bola lisa, maleável e não-grudenta.

Depois de muito empurra-puxa-vira-empurra-puxa-vira, a massa ficou do jeito que deveria e foi para o merecido descanso no Tupperware untado com azeite. E eu também fui para meu merecido descanso por alguns minutos antes de começar a fazer o jantar de hoje, uff.

Dough2.jpg

Como disse antes, li um bocado e pesquisei todo canto em busca da massa de pão/pizza ideal e resolvi fazer uma receita-base de Jamie Oliver junto com as boas dicas de vários bakers do fórum de culinária que participo. Por isso esta receita é diferente do que geralmente encontramos nos livros. Ao contrário dos usuais 5 minutos sovando e 15 minutos descansando em lugar aquecido, esta receita exigiu da minha pobre pessoa 30 minutos sovando e agora vai passar a noite inteira dentro da geladeira para a fermentação acontecer beeeem devagar e dar mais sabor à massa.

Mas como é possível perceber na foto abaixo, a massa não quis saber de fermentar devagar coisa nenhuma e partiu para a missão balão inflável ninguém me segura sem nenhum escrúpulo. E está no momento inflando sem parar, quase explodindo o filme plástico.

Dough3.jpg

Terei eu criado um montro de vontade própria? Oh NooOoOo!!

De qualquer forma, o resultado a gente vai saber amanhã. O próximo passo é sovar novamente e tirar as bolhas da massa, descansar novamente (mas só por uns 10 minutinhos) e finalmente fazer as pizzas!! Nham, mal posso esperar.

Nosso objetivo é fazer uma base de pizza napolitana: fina, crocante, mas também macia, um tiquinho elástica, com borda (cornicione) cheia de bolhas dentro e levemente tostada. Nhamnhamnhamnhamnham!

E amanhã vamos também usar nossa BakingStone, que é um disco de cerâmica para colocar dentro do forno. A intenção é de ter uma temperatura mais elevada para assar, quase que imitando o forno a lenha. Vamos ver no que vai dar.

PizzaStone.jpg

Se der certo, jantaremos bem. Se não, já valeu pela diversão.



6 Comentários

Que BARATO, Marcinha! Estou aqui, meio mundo de distância, com água na boca. Conta tudo como foi a parte dois, tá? E vê se não esquece de fotografar!!! hohoho. Aqui em casa fazemos pizzas também (as pizzas prontas daqui são horríveis), mas nosso método é, digamos, bem mais simples. :c))) Beijocas!

Que legal que tá dando certo Marcinha...Em breve vc será uma "padeira" de mão cheia - rsrsrsrsr
Manda um pedaço aqui para o Brasil, me deu água na boca :)
Bjokas e ótimo findi

Uau, Márcia que legal!! Sua cozinha virou praticamente um laboratório rsrsrsrs
Menina que massa que cresce!!! Uh!
Vai ficar uma delícia!!!
Depois coloque a foto da pizza pra gente ver?!
beijinhos!!! Nham Nham Nham

Tenho certeza que vai ficar uma gostosura! :o)

Que coisa mais LINDA essa foto do fermento! Deu até vontade de mandar a dieta às favas (literalmente) e comer pão quentinho. Nham... :o)

Ola Márcia,

depois destas fotos,até me atrevo a perguntar a voce...
voce imagina como seriaa receita de um panetone de damasco? pergunto pque na semana passada, estive em SP e comi um damascone!!! numa doceria super...
ai fiquei morrendo de vontade de produzir um...
agradeço imensamente sua orientação...
beijos,
Cristina