« French Bread | Main | "Como o tempo vai e o vento vem..." »

French Macaroons

Não sei como era a minha vida antes de hoje. Porque hoje finalmente cruzei uma fronteira que divide um doce de uma iguaria. Porque hoje finalmente aprendi a fazer e experimentei pela primeira vez um clássico das patisseries francesas: macaroons.

Como a maioria das receitas francesas, são poucos ingredientes, poucos passos e quinhentos mil truques para fazer dar certo.

E como Martin acabou de voltar da sua viagem à França, me empenhei para caprichar na sobremesa de hoje!

Eles parecem simples biscoitos recheados. Mas na primeira mordida você é fisgado por uma avalanche de texturas, sabores e sensações, muito além do que poderia esperar.


French Macarrons:

200g de açúcar de confeiteiro
110g de farinha de amêndoa (bem fina e seca)
57g de açúcar granulado
3 claras previamente deixadas em temperatura ambiente por uma noite ou no mínimo 8 horas
2 colheres (sopa) cacau em pó (opcional)

1. Misture o açúcar de confeiteiro, a farinha de amêndoa (se ambos estiverem meio úmidos, aqueça no forno brando por 5-10 minutos) e o cacau. Reserve.

2. Bata as claras em neve. Adicione o açúcar granulado até formar picos firmes.

3. Agora vem a parte mais crucial, que faz o macaroon dar certo ou não. Misture muito e o macarron não cresce; misture pouco e o macaroon fica deformado e racha no forno. Misture as claras em neve com a outra mistura de amêndoas. Mexa delicadamente com uma espátula flexível até ficar na "consistência de magma". Faça o teste: afunde a ponta do seu dedo na massa, tire e observe o pico que formou. Este pico deve praticamente sumir em 30 segundos. Se permanecer firme, misture mais um pouco. Coloque a massa num saco de confeitar com bico redondo, liso, de 2cm de diâmetro.

4. Numa forma com papel manteiga, faça discos de 3cm com a massa, deixando espaço entre eles. Deixe-os descansando por 1-2 horas até formar uma pele resistente na superfície.

5. Asse em 160ºC com a porta entreaberta se puder (meu forno desliga com a porta aberta, o chatonildo), por 10-11 minutos.

6. Deixe esfriar e recheie. Os nossos, como os clássicos, foram recheados de ganache (creme de leite + chocolate amargo).

Para um macaroon ser chamado de macaroon e não de biscoito, no momento em que está no formo é preciso formar o "foot", que é a base do macaron; e o "dome", que é o teto côncavo, a abóbada. E, claro, é preciso ficar delicioso também.

Na primeira mordida o dome quebra em pedadinhos finos. O foot é concentrado em amêndoa, parecendo um micro-bolo-brownie, que se mistura com o recheio e derrete na boca com todo o resto, mudando para sempre a sua vida inteira.

Vive La France!

More Pictures:

Triangles of baking parchment can make nice pipping bags.



Nice circles, nice macaroons. Just remember to turn the sheet over later.



So simple. Almond and sugar and a hint of cocoa.



So snowy. Egg whites and demerara sugar.



Flowing like magma? Maybe.



A good rest makes wonders for your skin.



Meanwhile Ganache is all you need.



Under the dome, the feet stand up and the aplauses are not far.



United by universal love: chocolate.



The most crunchy, chewy, soft and creamy sensation you could ever wish for.



After the first bite you've could never been so sure: life IS sweet.


19 Comentários

Eu adoro qdo vc coloca as suas experiencias na cozinha aqui para nos. Eu nao sou muito chegada, mas adoro ler experiencias gastronomicas, e ver meu marido cozinhar :)Anyways,sabendo q/vc entende do assunto, eu queria lhe fazer umas perguntinhas:
- qual o corte de carne no Brasil que corresponde ao steak?
- o que eh sued? e sera que nos temos no Brasil?
- e vc sb se no Brasil tem "strong white flour"? que marca seria melhor para fazer o "Warburtons"?

Marcinha, pra vc que gosta tanto de receitas ... Ak vai uma, simplérrima e delíciosa, fiz ontem e detonei meu lindo corpinho bombardeando-o do que eu mais queria em 2 meses ... a Torta de Limão !
A massa:
240 gr de bolacha maizena,
200 gr de manteiga sem sal,
Triture a bolacha (mas, deixe uns pedacinhos, não só o pó), coloque umas raspinhas de limão, e a manteiga, misture bem, numa forma que o fundo saia coloque essa massa (usando os dedos para aperta-lá contra a forma), faça uma bordinha lateral de uns 3 cm.
Coloque pra assar até que ela fique moreninha.
O recheio:
1 lata de leite condensado (+ ou - 400 gr),
o suco de 2 limões,
1 lata de creme de leite (use 200 gr, metade)
Misture o leite condensado dom o suco do limão, reserve-o na geladeira, depois de uns 15 min acrescente a metade do creme de leite, geladeira de novo. Quando a massa estiver fria vc coloca o creme e pra decorar + raspinhas de limão, e + geladeira nela, quanto mais ela ficar gelando melhor será ...
A torta fica tudibom, como um dia dirá vc ...
Ps: Não tente tirar a massa do fundo da forma, tire apenas a lateral da forma, pois se tentar tirar o fundo ela quebra, conselho de quem tentou ... rsssssss.
Espero que um dia faça e goste, pois é com carinho que passei a vc esta receita.
naylapeitl@hotmail.com

E onde vão os damascos secos? :-P
Não é "tóchico", isso?... KKKKK

Smacks, Marcilda!

Ai, ai ai, mas que tóchico mais delicioso, hein? E já jogou fora os tais dos damascos secos, queridoca???? :c))))))))) (LINDA A FOTO, a receita é um espetáculo, o post uma delícia. Acho que aqui não existe essa farinha especial... será?) Beijocas.

MariaUK, depende de qual steak você está se referindo, steak nada mais é do que filé: rib eye steak (costela), rump steak (traseiro), sirloin steak, t-bone steak, etc. Os cortes aqui são diferentes do Brasil. Se você quiser uma carne específica, tem que conversar com seu butcher local. Não sei o que é sued... Também não sei tem strong flour no Brasil, mas é só ver no rótulo: se a farinha tem mais de 11g de proteína, então é strong flour.

Nayla, obrigada pela receita.

Mary e Cido, os damascos acabaram e não tô com saudades deles. Meus macarons não tem tóchico porque são coisa boa, viu? Muito melhor do que engolir imãs e feijões crus. Cêis são tudo intochicados, essa é a verdade.

Ma-ra-vi-lho-sos!!!!
Vou tentar fazer aqui em casa depois do fds!
Só uma pergunta um tanto quanto ignorante, a farinha de amêndoas é nada mais nada menos amêndoas batidas e esfarinhadas?
Se não, encontra isso no Brasil?
Bjoks

Puxa Marcinha, cada vez que eu entro eu fico com fome! Este blog detona qualquer dieta! Bjs,

E sim a farinha de amendoas nada mais e do que amendoa moida, para fazer em casa imagino que seja preciso um bom "food processor" (xii, nao me lembro do nome disso em portugues, processador de alimentos? Ou talvez um bom liquidificador resolva). E depois tem que se peneirar, talvez nao fique tao fininha em casa, mas quem nao tem cao...

Pode isto em blog? Nao existe uma lei que proiba a descricao de coisas deliciosas em blogs?

O que eu faco agora??

Quero um macaron!!!

Oi Marcinha!!
Ai que delícia devem ser os macarons! Menina fico impressionada como vc é uma cozinheira de ' mão cheia'!! rsrs
Parabéns!!
beijokas e bom final de semana!

vai, mata a diabética de vontade, mata. :P

AI MEU DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS! Que delícia!

Quando você quiser visitar Portugal e quiser trazer alguns para mim, agradeço! :)

Deu vontade de ir aí e provar esta gostosura, menina! Ai... e tô de regime! Afinal, Loba gorda é extremamente diferencial na matilha. Achei interessante o "estressadíssima" usado lá em baixo, no meio de outras informações. Você tem temperamento minucioso, é detalhista e deve sentir o peso de tanta energia nas atividades diárias. Sucesso e muita alegria. Beijos da Loba

Fascinante! A forma como você se expressa é uma delícia. Não me contentei apenas com esse post, vou agora mesmo ler mais alguns. Grande abraço.

Que que isso amiga????? Isso deve ser o manja dos Deuses - rsrsrsrsr
Manda um via sedex para RJ - rsrsrsrsr
Bjokas

Márcia,

Eu conhecia só os macarons americanos, que são estão mais para um cookie vulgar do que para esses doces franceses chiquetérrimos que você fez.
Mas eu continuo aqui, comendo Wasa bread (parece um pedaço de papelão) com leite desnatado...

Cheers,
Malu

PS: Vou passar 2 dias em Londres com o meu marido na semana que vem (talvez a gente se mude para lá). Se você tiver alguma dica sobre algo imperdível, eu agradeço:-)

marcia, como foi que você conseguiu fazer uma receita dessas, menina?! milagre! eu comi macaron pela primeira vez há pouco tempo e não consigo esquecer, foi definitivamente um dos melhroes doces que eu já comi na vida.
faz uma visita dia desses, vamos falar de comida.
abraço.

ola! marcinha adorei passar bons momentos em tua companhia,,,porque ler suas anotaçoes do blogger me causaram bons momentos. Muita PAZ e LUZ para esta celula de amor que é tua familia...
Mas , lendo vi uma receita de bolo de laranja, que gostei muito e fiquei numa duvida, a laranja é colocada com casca?
Beijos! felicidades!

Márcia,

Parabéns pelo linho blog (vem de uma linda vida de vcs!!) Poderia esclarecer-me quanto ao açucar granulado : é ele que devemos misturar na farinha de amêndoa?


Obrigado,

Maia - Belol Horizonte