« Labour Wins! | Main | Food Phobia »

I Can Hear You

Ufa...

Eu ia escrever ontem, mas estava tão confusa e cansada que nem consegui juntar minhas palavras em ordem.

Então fomos no audiologista buscar meus aparelhinhos digitais ontem. Minhas jóias pink não ficaram prontas, ainda vai demorar duas semanas. A Siemens me enviou expressas desculpas pela demora e disse que o fornecedor de matéria prima para meu aparelho pink foi repreendido por não ter entregue no prazo. Completaram dizendo que o primeiro pedido mundial de aparelhos na cor pink não deveria sofrer nenhum contratempo de nenhuma espécie, uma vez que a empresa oferece essa opção e deveria cumprir com o desejo do consumidor e por isso pediam muitas desculpas.

I beg your pardon? Perguntei eu ao audiologista. E ele confirmou que sim, este foi o primeiro pedido de aparelhos pink que a Siemens recebeu em todo universo. Hahaha, eu vou ser mesmo the only gay in the village*!!

Enfim, não estão prontos ainda e eu havia ficado um tico decepcionada. Mas a Siemens me enviou um outro, cor de pele (argh!), para usar neste período de adaptação. Ficamos cerca de meia hora aprendendo a colocar, mudar os programas, limpar, trocar baterias, armazenar. E então finalmente pude ligá-los e testá-los pela primeira vez.

E por mais que minhas expectativas estivessem confusas, o choque foi enorme. Acho que essa foi minha primeira impressão: estarrecimento. Achei o volume muito alto. Mas o médico me explicou que há muito tempo eu não ouço várias freqüências e de repente volto a ouvi-las e isso realmente choca inicialmente. Nesses dias de adaptação eu uso e tento perceber o máximo de sensações possíveis. O médico disse que os aparelhos nunca devem ser uma tortura, então eu devo tirar quando achar que devo. Daqui duas semanas vou discutir com ele minhas impressões e faremos ajustes nas freqüências altas e baixas se for preciso.

O som é um pouco artificial, mas isso eu já esperava. O que eu não esperava era ser completamente sobrecarregada de sons vindos de todas as partes. Tudo chama a minha atenção, tudo.

Nas ruas eu agora ouço todo mundo falando ao mesmo tempo, os saltos dos sapatos batendo no chão, crianças chorando, músicas tocando, celulares tocando, carros passando, sinais de pedestre apitando, avião sobrevoando, passarinhos cantando, meu cabelo no vento, o tecido da minha calça, tudo tudo tudo ao mesmo tempo agora. E instintivamente minha cabeça gira em diração aos sons o tempo todo. E isso me dá um cansaço enorme no final do dia. Meu cérebro agora precisa reaprender a ignorar sons de fundo e sons que não me interessam, mas por enquanto ainda é muito cedo para esperar por essas mudanças.

Não me entendam errado, estou simplesmente AMANDO os aparelhos. Fantásticos, me dão real sensação de profundidade e me fazem entender 100% melhor o que as pessoas falam. Martin fez vários testes comigo, em vários ambientes e consigo agora entender praticamente tudo. E estou imensamente feliz com isso, ele está feliz por não precisar mais repetir o que diz. Aliás ele percebeu que agora estou falando muito baixo e ele não consegue me ouvir, hohoho.

Televisão, rádio e telefone ainda não são possíveis de ouvir bem com os aparelhos. Para isso preciso de um transformador em Telecoil, mas não vou pensar nisso agora.

Por fim, o que mais tem passado pela minha cabeça nesses dois dias de adaptação é o quanto nosso ouvido e nosso cérebro funcionam bem naturalmente, ajustando de acordo com nossas necessidades e nossos interesses. E o quanto é difícil e complicado reproduzir isso tecnologicamente, o quanto custa para a gente ter de volta o que antes era natural. Porém estou muito feliz e me sinto muito privilegiada por ter a chance de ter acesso a esse tipo de tecnologia. A comunicação sem fio entre os dois aparelhos funciona de forma incrível e os ajustes são todos feitos automaticamente em pouquíssimo tempo.

Só falta mesmo, mesmo, serem pink!

Desde ontem, 06 de Maio de 2005, voltei a ouvir.

Little Britain

:o)


20 Comentários

Marcinha, realmente nunca tinha parado para pensar na readaptacao que voce tera que ter para ouvir 'de tudo' novamente. A gente 'se acostuma' em ouvir desde sempre e nem pensa em como seria diferente se nao fosse assim. Que legal que voce voltou a ouvir :) E vou ficar aqui esperando voce voltar pra contar que recebeu os aparelhos pink :) hehe. Beijos,

É muito bom visitar seu diário, sua linguagem é muito boa de ler e sua forma de compartilhar muito especial.

Desejo boas melhoras para sua audição...

Que barato amoreco! E a primeira consumidora a comprar um modelo em rosa!!! HOHOHOHOH. viva a vanguarda! querida, achei esse post emocionante, me fez lembrar quando eu era pequena e tinha acabado de aprender a ler. Andava de ônibus com meu pai nos finais de semana e simplesmente TINHA que ler tudo que via pela frente, no final do dia ficava EXAUSTA, meu cérebro não dava conta! deve estar sendo uma sensacão incrível a sua queridoca!!! Viva!!! Beijocas!

Que máximo minha amiga...o primeiro aparelho pink e eu conheço a dona...:)
E que legal esta sua volta a audiçao total....Fico super feliz....Um beijo

Olha só que legal, você está inaugurando a linha de produção cor-de-rosa. Imagino que o pessoal dessa linha fica lá todos os dias de braços cruzados porque não teve nenhum pedido até agora. ;-)

E é bem interessante essa sua descrição de voltar a ouvir tudo. Nunca tinha parado para pensar nisso, mas realmente o nosso cérebro filtra tanta poluição sonora que a gente nem percebe que está ali.

parabéééééééns!!!!
:-)
lindo e comovente, o seu relato.
beijo, querida!

Olá!

Estou te escrevendo por curiosidade... Queria saber como você adquiriu seu blog movable type e se a gente que tem blog no weblogger pode transforma ro template que tem lá em movable.... Abraços

Meu blog atual é : http://www.oliviajoules.weblogger.terra.com.br

Marcia,

eu já te leio há um tempo, já estou íntima sua e você nem sabe que existo. meu blog é simples pouco atualizado ainda não estou habituada a escrever na rede (fico só no meu diarinho escrito à mão), mas adoro ler blog de meninas que estão cosntruindo a vida pelo mundo, pois talvez eu faça um pedaço do meu doutorado fora.

Bem, escrevo para contar um projeto, talvez beeeem distante, mas é um projeto: ganhar um dinheiinho e sair visitando as meninas dos blogs que conheço, então daqui há cinco, dez, vinte anos sei lá, eu posso concretizar meu projeto.

Sou Roseli do Rio, tenho 31 anos

Tô torcendo pra vc se readaptar logo e que essa reeducação auditiva aconteça com muito sucesso. Estou imensamente feliz por você, "only gay in the village"! :P

:**

Fico imaginando a cara de susto do pessoal da Siemens até agora: "mas você tem certeza que encomendaram um aparelho pink?!" Fora isso, parabéns pela retomada da audição :)

PS - quando chegarem as jóias, você pode colocar uma foto aqui? Nao é por nada, é que eu fiquei doida de curiosidade para ver os ditos!

uau! lançando moda, hein, moça?

;)

Emocionante, Marcia!
Sabe, outro dia vi uma entrevista na Oprah com duas mulheres que não ouviam (uma até ganhou um Oscar, mas nem me lembro o nome) e a que optou por não usar aparelho, disse que ficaria assustada, que não conseguiria se adaptar aos sons novamente. E a tua descrição do que ouvia me lembrou ela.
Que bom que estás feliz e realizada.
Beijos, Marcia

PRIMEIRO pedido mundial? Isso porque não fui eu quem pedi primeiro, senão o seu pedido seria o segundo, babes... Haha. Não acredito que ninguém tenha pensado nisso antes! Em todo caso, olha só a onda que a senhora vai tirar, hein... Haha. :D Beijinho,

Acho que jamais ocorreria para uma pessoa europeia de que aparelhos de surdez podem ser pink! O meu provavelemnte seria azulao, enfim, interessante ler como um pessoa deve se adaptar aos sons novamente. E que as frequencias de radio e TV sao diferentes! Como eu disse, eu trabalho numa area onde a boa audicao e essencial, e agora me dou conta dos sons do cotidiano, que as vezes pasam desapercebidos. Bjs e boa sorte com seu aparelho pink!

Marcia,

Te escrevi um e-mail (nao sei se mudou o endereço...)e um post...Mas vc nao me respondeu...
Toda essa sua descriçao sobre aparelhos, testes e superaçao do problema auditivo, tem um sabor especial para mim, ja que passo pela mesma dificuldade. Namorado repetindo exaustivamente, eu frustrada por perder uma palavra ou som que nao voltam mais...Afinal, eu nao posso pedir para um ator parar uma peça de teatro, por exemplo, e repetir o que eu nao entendi, ne?!
Vc tem me mostrado um nova forma de encarar tudo isso...Tem feito tudo ficar menos escuro, mais rosa (literalmente, ne?!).
O que vc escreveu sobre a adaptaçao do aparelho foi perfeito, ja passei por isso...E realmente foi exaustivo...Muitas vezes fiquei c/ os nervos a flor da pele. Ate a descarga do banheiro me assustava! Argh!!!Como aquila coisa podia ser tao barulhenta! E os passarinhos...
Na verdade, sei que sua ajuda , atraves do seu exemplo ja tem sido grandiosa! Chamei a familia inteira para ler aquele post sobre os aparelhos pink! Queria mostrar que eu tb tinha chance de mudar meu olhar sobre minha deficiencia e deixar o problema mais leve!!!Minha mae amou seu relato...
Procurei a Simens aqui no Brasil (pela internet), mas me parece que aqui eles nao trabalham c/ aparelhos auditivos...Mas eu que ja testei e comprei uns 3 de modelos diferentes no passado (outras marcas) e nao me adaptei a nenhum, queriam TANTO experimentar um igual ao seu (q pelo q vc descreveu parece ser tao legal). Se vc puder me informar se e possivel comprar aqui (ja que vc esta tendo contato c/ a empresa ai)...Well, esse post ficou enorme...E escuta, sei que estou correndo o risco de ser insistente demais! Mas confiei no meu instinto de perseverança pq sei que vc ENTENDE exatamente o que PASSO e SINTO em conta dessa dificuldade! Espero sua compreensao, mas, independente disso, continuarei lendo e admirando seu blog,!
Com carinho,
alinE
Ah, boa sorte na sua adaptaçao, estou torcendo por vc!

Oi Márcia.

Nossa, que chique vc ser a primeira a encomendar aparelhos pink!! Isso mostra o quanto você é original!!

Daqui a pouco você consegue se adptar a eles e ignorar os sons que não lhe interessam, com o tempo tudo vai se resolvendo, o mais importante vc já conseguiu - Ouvir e por isso quero lhe desejar os seguintes sons:

Barulho do mar;
Canto de um pássaro;
Música Aquarela de Toquinho e Vinícius;
Barulho da chuva;
Batatinha sendo frita e
Muitas declarações de carinho e amor.

Beijinhos e Parabéns, Isabella

Ai que coisa mais linda! Escuta então isso: SMACK!
beijo fofura!

Querido Daffyd ;o)
Só dá mesmo pra tentar imaginar as sensacões, deve ser uma coidiloco. I can't wait to see them... the pinkies!
Tô feliz demais da conta por você, Marcinha!

Então... Papis perdeu a audição de um dos ouvidos por conta das torturas na cadeia durante a repressão aqui em Terra Brasilis. Depois, foi perdendo a audição do outro ouvido. No início dos anos 80, fez um operação no ouvido zerado e voltou a ouvir. Foi muito engraçado aquela época: ele acordava com o nascer do sol, por conta do canto dos pássaros... Mas o tempo foi passando, e a surdez foi voltando... Há pouco mais de 2 anos, ele resolver colocar aparelho. E voltou a ser engraçado: ele decidiu q só vai ouvir o que quer, hehehe... Quando ele está escrevendo (em máquina de escrever) tira o aparelho, pois o barulho das teclas o deixão enlouquecido... Quando está na rua ou no metrô também não usa... Ou seja, ele escolhe os sons agradáveis apenas... Interessante, né? Já pensou se todo mundo tivesse um on/off no ouvido? Viva a tecnologia a serviço da qualidade de vida!

Tudo começou porque minha mãe também adora cozinhar e um dia navegando achou uma receita sua de 'macarroni' muito interessante... Daí veio a coincidencia de eu estar indo ai para Inglaterra estudar. E já que você mora ai a três anos eu queria te pedir algumas informações sobre a pequena cidade que irei morar apartir de agosto deste ano.
Obrigada desde já
Marta S