« The Appointment | Main | Strangeways, Here We Come »

The Day I Became British

De todos os capítulos que escrevi aqui sobre minha saga à esta terra britânica, este certamente é um dos mais importantes e marcantes. Porque a partir de hoje eu sou uma cidadã britânica.

O processo de naturalização demorou 4 meses e 2 semanas, entre formulários, documentos, investigações inúmeras. Porém, não precisei fazer o tal teste Life in UK, que agora é obrigatório. E meus conhecimentos de inglês passaram com notas máximas, para minha total felicidade. Depois de quatro longos e agonizantes meses sem nenhum documento em meu poder, sem poder ir ou vir ou sair da linha, finalmente o Home Office deu seu parecer concedendo a naturalização.

Hoje foi a cerimônia formal que finaliza todo o processo de todo o grupo que recebeu a cidadania no mês de Janeiro, com a presença do prefeito da nossa cidade e dos tabeliões. Foi uma cerimônia bem formal, cantamos o hino nacional e o hino patriótico ("Land of Hope and Glory...") and I got all tearful. O prefeito fez seu discurso em nome da Rainha Elizabeth the Second e as representantes do Town Hall nos extenderam as boas-vindas em nome de toda a nação.

Ambos discursos foram bastante tocantes, dizendo o quanto nós recém-naturalizados somos importantes para criar uma sociedade tolerante às diversas culturas, religiões e conhecimentos. E então chegou o momento em que fiz meu juramento, nestas palavras:

"Eu, Marcia, solenemente, sinceramente e verdadeiramente declaro e afirmo que ao me tornar uma cidadã Britânica, serei fiel e cumprirei com minha fidelidade à Sua Majestade a Rainha Elizabeth the Second, seus herdeiros e sucessores, de acordo com a lei.

(a segunda parte para mim foi a mais importante e as lágrimas aqui se fizeram presente, embargando minha voz)

Eu dou minha lealdade ao Reino Unido e respeitarei seus direitos e liberdades. Eu defenderei seus valores democráticos. Eu estarei atenta às suas leis fielmente e cumprirei minhas obrigações e responsabilidades como uma cidadã Britânica."

E então o prefeito entregou meu certificado de naturalização, trocamos apertos de mão, recebi parabéns, thankyouverymuchindeed, tiramos fotos e fui declarada oficialmente a British!

Mas mais do que ter um certificado, mais do que poder usar um passaporte britânico, para mim o dia de hoje marca um enorme passo desde minha mudança há quatro anos. Esta terra é onde minha pequena família querida vive, é onde eu vivo, é o chão que piso, é o teto que me acolhe. E a partir de agora, mais que nunca, faço parte de uma sociedade que está longe de ser perfeita, mas que preza a liberdade de expressão, de crenças e de culturas. Que tem suas peculiaridades, suas belezas, seu humor único. Aqui é a terra que escolhi viver, é a terra na qual agora tenho direitos, deveres e esperanças.

226_2657.jpg

226_2661.jpg

226_2662.jpg

Celebramos com pints de British Ale e jantamos Indian Food da Bombay Brasserie! E eu ganhei da família do Martin uma Jack Union Flag, oh joy! You can't get Britisher than that!!


44 Comentários

PARABENS Marcinha!!!!!!!!!!!! Deve ser muito bom finalmente ser tratada como cidada pelo pais que voce chama de casa :-) Beijos!

Pôxa vida Marcia! Como sempre, fiquei emocionada.
Meus parabéns, minha querida. Depois te escrevo.
Bjs
Cris

Parabéns, Marcia. Que passo importante na sua vida, heim?? Agora vc pode trabalhar, estudar, ter todos os direitos de uma legítima inglesa.

Felicidades nessa nova fase.

Bjão.

Êêêê! :)

Parabéns, Marcinha! :)

Que coisa mais bonitinha !
Nossa, a tua emoção me deixou emocionada.

Parabéns, vc ama este lugar e estar abrigada no coração dele, quentinha, segura e reconhecida como parte inseparável dele!

E muitas, muitas, muitas felicidades prá ti !

Que lindo, Parabens!! Adorei ler seu post e mais ainda ver suas fotos assim tao feliz!! Que essa terra faca jus a toda sua alegria e que voce seja ainda mais feliz ai como cidada!
Adoro ler seu blog!
Beijos!
Ana

Parabéns Marcinha, agora súdita de Sua Majestade!

Minha pergunta é: você ainda é brasileira ou teve que renunciar?

Ainda acho que faltou a presença de William no evento, para um beijinho de bem-vinda à britaniedade.
Marcinha, brincadeiras à parte, é muito difícil entrar no espírito de um país diferente do nosso, viver nele sem se sentir um peixe fora d'água. Para isso acontecer, é preciso mais que simplesmente morar, mas dar uma chance ao país de consquistar o seu coração.
É triste ver pessoas que moram anos e anos em outro país, constroem suas vidas nele, mas não se deixam conquistar.
Portanto, a despeito de ter tirado nota máxima no teste de língua e de ter cumprido todos os quesitos necessários para obter a cidadania, você é cidadã inglesa porque aprendeu a amar este país.
Amar dois países não é um ato excludente. Nos corações abertos e de boa vontade, cabe tudo.
um beijo e congratulations!

Parabens Marcia, tudo de bom e que essa sua "nova" casa lhes traga muita felicidade, o que eu tenho certeza que acontecera. Vc ja passou por varios momentos importantes ai pelas Terras da Rainha e passara por momentos muito mais felizes ainda.

Beijos!

Parabéns, queria eu poder conquistar isso um dia. Amo a Londres de paixão, sai dai arrasada qdo meu visto expirou. O amor por uma cidade acontece independentemente de onde se nasce.

Parabéns pela conquista, imagino o quanto você deve estar feliz. :)

Eu ainda não posso dizer que me adaptei. Ainda sinto falta da liberdade que tinha no Brasil, acho Jersey extremamente claustrófoba, me sinto numa gaiolinha dourada. Não sei se o processo de naturalização tem a ver com o visto definitivo - acho que não, são duas coisas diferentes, né? Mas não sei se gostaria de me naturalizar, não. Ainda sinto o Brasil como se fosse a minha casa, apesar de não sentir desmedida falta de lá, é lá que está o meu referencial.

Ainda. Mas pode ser que mude - who knows?

E hmmmmm, celebrar com uma boa pint é o que há, querida! Once again, congratulations, you british girl!

Cheers! Parabens pela nova conquista! Mas para tomar real ale ce ta British mesmo, hein???Adorei a foto posando com o quadro da Rainha. E isso ai, acho que voce ama mais o pais que voce chama de casa do que alguns nativos. Bjs,

Muitos Parabéns!!!! que seja muito feliz onde ser coração se sentir bem e acolhido. Grande exemplo de paz interior!!!

Beijinhos

A pergunta que não quer calar: você tem dupla cidadania ou tem que reununciar à brasileira para se naturalizar britânica?
De qualquer forma você é um exemplo da globalização: brasileira de origem japonesa naturalizada inglesa.
Congrats!
beijinhos
Márcia

Parabéns, Marcinha!
By the way, tá linda com esses cachos! ;-)
Smacks

Então é festa hoje!!!!!

Pô agora que vc virou gringa, manda um abraço prá Dona Beth (the queen) e fala pro Toninho (bruxa de Blair) ser mais flexível, poxa!!

Que nada, parabéns pela conquista, afinal, aí é sua casa e é aí que mora a sua família. Bom, um dia eu creio que ninguém mais vai viver em fronteiras e todo mundo será cidadão do mundo. Utopia? Que nada, é simplesmente a real necessidade do mundo.

Beijo e curta muuuuuuuuuuuuuiiito!

Parabens! Se todos os novos britânicos fossem iguais a vc. que bom seria.

Cheers, everyone!

Mauro e Marcia Aguiar, o Reino Unido permite múltiplas cidadanias, então não precisei renunciar e continuo sendo brasileira também.

Parabéns Marcinha, continue feliz sempre!!

Parabéns Marcinha!

Mais um sucesso em terras britânicas!


Beijo!

parabéns, querida. lilibeth não tem súdita mais linda do que você.

Hoje terminei de ler o conteudo do seu blog. Para mim foi como ler um livro, fecho a ultima pagina com aquela sensaçao doce e amarga ao mesmo tempo...Obrigado pela companhia nesses dias e semanas que passei acompanhando um pouquinho de sua interessante vida.Boa sorte para vc e seu marido nessa nova fase da vida.
Até qualquer dia desses.

Marcinha, meus sinceros P A R A B É N S !!! :D pela grande e nada fácil vitória.

Meus parabéns!
Muitas felicidades na sua, agora oficialmente, nova casa!
Beijos

Parabéns!!! Seja muito feliz na sua nova pátria!!!

UAU QUE LEGAL QUE LEGAL QUE LEGAL !!!!!!
PARABENS !!! Que alegria ! Eu me sinto mais inglesa que brasileira, amo essa terra e em especial Londres, quem sabe um dia serei uma cidadã britanica no papel (no coracào e na alma já sou )- mas vendo você receber essa dádiva, fico feliz como se fosse eu !!! Abracos e parabens !!!!

Pegando emprestada uma line de Love Actually: UK está cada vez melhor. Home of The Beatles, The Stones, Harry Potter, David Beckham´s right foot. E Marcinha, of course!

Cheers, dear.

Oi Marcinha,

Eu estou comecando agora a preparar a papelada para entrar com o meu pedido de citizenship... mas ainda estou achando tudo meio esquisito. Adoro Londres, sou feliz aqui, mas ainda tenho que me acostumar com a ideia de ser algo mais que brasileira... So quero ser meio brasileira meio inglesa no papel. Aqui dentro sou tao brasileira!! Fora que jurar fidelidade a rainha... aiaiaiai...

Parabens e felicidades!!

parabéns meu amor!!!!!!!!

Marcia,
meus sinceros votos de felicidades!
;)

Super bacana, parabens! :)
(Nos, aqui, na sua dignissima colonia, apos 7 anos, nao temos nem a permanencia... humpf).

Abracos e felicidades!

YES! Congratulations minha amiga....agora sim, tudo certinho, pelo menos em termos burocráticos.
Ohay! Assim que a gripe passar farei um brinde decente em sua homenagem. Beijos nossos (meu e do Milton)

Parabens Marcia!!!! Eu sei exatamente o que voce sentiu! Eu moro nos EUA ha 10 anos e no ano passado me tornei cidada americana!!!! E muito gratificante. E como voce, eu tambem chorei na metade do juramento, acho que e inevitavel. Sou muito feliz aqui e Deus me deu esta oportunidade maravilhosa, tive que aproveitar... Um abraco e ate mais.

Parabéns! Merecida conquista.
Felicidades ao casal.
Angela

Congratulations, and God bless the Queen!!!
Poxa, faz tempo q nao vinha aki... mais de 6 meses, desde q o Anthony nasceu... hoje ele nao quer dormir, mas fica quietinho no colo, resolvi ler.
Estou na ansiedade de jurar lealdade a bandeira, mas se tiver q prometer qualquer coisa ao G. Bush vou esperar as proximas eleicoes..hehe...
Parabens, parabens, parabens pela conquista! e o Anthony ta mandando um beijinho ;)

Oi Marcinha
Parabéns, me emocionei e fiquei muito feliz por vc, que ama essa terra e pode, de agora em diante, dizer que vc faz parte dela.
Um beijo
Delma

Hoje lí, e assim como os outros me emocionei, que bom que vc já está tão britanica, e inserida no contexto....não ????parabéns, pela nova vida.....pois isso a fará feliz, e você merece esta felicidade que foi buscar tão longe da gente......beijos...Good Bless a Marcinha......

Poxa! Parabéns! Eu não te conheço mas adorei esse seu diário! Descobri por um site de busca. Estava a procurar textos sobre o Parlamento Inglês e encontrei no seu site!!!

Sucesso para você moça!!!

Marcia
Tenho sua site nos meus favoritos e de vez em quando dou uma olhada. Eu estou comecando o processo de naturalisacao agora e marquei meu Life in the UK test para o mes que vem. Ja estou aqui a 10 anos, quase sete com residencia permanente. Me sinto meio brasileira, meio britanica depois de tantos anos. Essa terra, tem seus problemas, porem tem muitas coisas boas.

Estou lendo um livro muito bom no momento sobre a historia da imigrcao no Reino Unido. Da uns insights muito bons sobre as atitudes da populacao com relacao a imigrantes e conta muito bem uma historia muito rica, as vezes feliz e muitas vezes triste. Vale a pena ler, Bloody Foreigners de Robert Winder.

Congratulations. Enjoy the shorter queues at the airport and not having to tell your life history every time you travel.

Dani

Oi, lembrda de mim??? Foi vc quem escreveu no meu fotolog???

Camila

Oi, Marcia, tudo bom? Foi muito empolgante abrir teu blog e, de cara, me deparar com um post como esse, em que você, enfim, se torna uma legítima inglesa perante a lei.

Digo isso com especial intenção, porque eu pretendo morar fora um dia. Morar, especificamente em um país de língua inglesa. Os países que estão na minha mira, atualmente, são EUA e Inglaterra. Bom, sobre os Estados Unidos eu até que já reuni uma quantidade de informações interessante, já sobre a Inglaterra, ainda não. Eu estou no terceiro ano de graduação (ciências sociais, unesp araraquara-sp) e pretendo tentar uma bolsa para ir para fora daqui uns 4 ou 5 anos, quando estiver no mestrado (momento em que a bolsa é possível) e com o inglês em dia.

Eu queria saber, claro, se você puder ou quiser me falar, sobre como é viver aí na Inglaterra, para você; sobre como você "foi parar" aí, quais são as oportunidades de estudos, bolsas, caso você saiba...

Muito obrigada pela atenção por enquanto!

Márcia, estive tão sumida daqui e fiquei muito emocionada ao retornar e ler esse lindo post. Desejo ainda mais felicidades com a consolidação desse ritual.

dá pra compartilhar o seu prazer na sua narrativa do glorioso evento! parabéns pelas lágrimas, vertidas tão apropriadamente!