« M&M in Kyoto: Day 1 | Main | M&M in Kyoto: Day 2 - Part 2 »

M&M in Kyoto: Day 2

Desde quando estávamos ainda planejando estas férias, colocamos Fushimi Inari Shrine no alto da lista. Além de seus famosos incontáveis portais vermelhos Torii, também não víamos a hora de fazer algo que não fazíamos desde que deixamos a Inglaterra: caminhar ao ar livre, respirando ar puro. E em nosso segundo dia em Kyoto estávamos animadíssimos para conhecer esta trilha. Este mapa mostra a rota dos portais Torii que cobrem grande parte da trilha florestal do Monte Inarisan. Clique no mapa para ampliar e ver os detalhes:

IMG_3897.jpg

Fizemos a trilha completa, do início ao fim e ainda subindo e descendo as escadas mais que uma vez para fotografar. Foi fácil, belíssima e extremamente agradável. Inari é o deus do arroz, que para os japoneses significa fartura e prosperidade. Os portais Torii são oferendas de devotos, de famílias e também de empresas. Os nomes de quem os doou aparecem entalhados na lateral. O deus Inari tem como seus mensageiros as raposas e é comum encontrarmos estátuas das mesmas por toda a trilha.


IMG_3900.jpgIMG_3923.jpg


Nem todos os devotos têm condições de doar um dos Torii, alguns doam barris de sake (humm) por ser feito de arroz, outros doam pequeninos Torii, que também são expostos na trilha, igualmente. As plaquetas em formato de raposa levam os desejos para o deus Inari.

CRW_3702.jpg
CRW_3706.jpg

Parte final da subida, estávamos próximos ao topo de Inarisan, sempre com a Raposa olhando por nós. Que simpática que ela é. A esta altura eu já estava coberta de picadas de pernilongos, nenhum guia turístico avisa, então eu lhes forneço o conselho de aplicar um repelente antes de começar a trilha. Doei quase todo meu sangue, mas a caminhada estava tão bonita que nem liguei, nem me importei.

CRW_3718.jpg

O cume. "We are the champions, my friend..." Subi até o altar, fiz *CLANG* no sino pendurado no telhado para chamar a atenção dos céus e agradeci ao deus Inari e suas raposas mensageiras.

CRW_3721.jpg

E começamos a descida de volta à base de Inarisan. Foi sem dúvida um dos cenários ao ar livre mais belos que visitamos em Kyoto.


4 Comentários

Marcinha, estou feliz em acompanhar a sua percepcao do Japao, falo isso, porque somente este ano, ja conheci o Japao atraves da minha irma(viajou no mes de junho) e da Luciana Misura (em abril)...voces estao me convencendo a ir visita-lo pessoalmente. Uma otima viagem.

Isto aqui está melhor do National Geographic!
bjs

Oi Marcia, tudo bom? Achei seu blog quando buscava informações sobre a Inglaterra e achei seus textos muito interessantes. Você está morando no Japão agora? Um abraço.

Que maravilha... adorei!!!