« M&M in Tokyo: Day 2 - Part 2 | Main | M&M in Kyoto: Day 1 »

M&M in Tokyo: Day 3

Último dia em Tokyo. Já pela manhã pedimos pro hotel enviar uma de nossas malas para o outro hotel da mesma rede, onde ficaríamos para a próxima etapa das nossas férias. Saímos sob nuvens escuras, fomos ao showroom da Canon vizinha ao hotel, deixamos lá uma das câmeras para limpar o sensor e fomos para a estação Shinjuku. Esta estação é enorme. Digo, gigantesca, imensa. Vários andares, várias asas, várias saídas. Acredito que é possível passar o resto de sua vida ali tentando encontrar a saída certa. Nada menos que três milhões de pessoas passam por ali diariamente.

Procuramos pelo escritório da Japan Rail Pass para trocarmos nossos vouchers pelos passes de trem e também para reservarmos assentos no Shinkansen pro dia seguinte. Mais uma vez um senhor japonês apareceu para nos ajudar e caminhou conosco escadarias acima até nos deixar na porta do escritório da JR. Agradecemos e reverenciamos até não podermos mais, que super gentil que ele foi.

Resolvemos tudo, pegamos nossa câmera e bruuum! Chuva. Ou melhor, typhoon. Este typhoon estava o tempo todo ameaçando nossas férias. Fez curva e não atingiu o país, mas em seu último dia avançou um pouco e trouxe muita chuva e vento para a capital. Choveu torrencialmente então, durante o resto de todo o dia.

Compramos um guarda-chuva descartável e partimos para Shibuya. Tentamos caminhar, ficamos ensopados. Almoçamos mal num restaurante coreano. Tentamos caminhar de novo, nos ensopamos de novo, vimos a estátua do cão Hachiko, que esperava fielmente pelo seu dono na porta da estação, todos os dias, e continuou a esperar por muitos anos depois que seu dono faleceu. Atravessamos o tão famoso cruzamento de Shibuya, onde verdadeiras multidões atravessam. Naquele dia porém, não estava tão cheio, talvez por conta da chuva. Mas foi interessante de ver que uma multidão daquelas vindo em direções opostas, consegue ser extremamente organizada. Cada um move um tiquinho de lado pro outro passar e pronto, todos atravessam sem esbarrões, sem problema.

A chuva pelo menos permitiu que a gente tirasse uma foto menos comum do cruzamento. Desta vez os guarda-chuvas fizeram um gracioso mar de cores e formatos.

IMG_3783.jpg

A chuva piorou e entramos na Loft, onde me deliciei com as coisinhas para fazer obentô, moldes, cortadores e mini-garrafinhas. Passeamos pelos outros andares, inclusive o de brinquedos e fantasias. Experimentei uma fantasia (só de cabeça) de uma berinjela! I mean, how great is that?! Adoro berinjela, o chapéu-fantasia era daqueles que você bota a cabeça no legume e fica só o rosto pra fora, imaginou? E a berinjela era lindinha, escura, cabinho bem verdadeiro. Não teve fotos, obviamente.


IMG_3781.jpg

Saímos da Loft e percebemos que a chuva tinha piorado e o vento agora estava ficando muito forte. Fomos até Harajuku novamente para tentar visitar Meiji Shrine e Yoyogi Park. Mas ao chegarmos lá, desistimos. Não havia como passear numa chuva e num vento daquele. Já estávamos ensopados, não podíamos nem tirar a câmera pra fora da bolsa pra fotografar nada. Só para não perder a viagem, passamos na Snoopy Town. Comprei um chaveiro com um Snoopy minúsculo carregando uma tigela de noodles que tem até um ovo dentro. E um guarda-chuva com alguns quadrinhos do cão. Só isso.

Resolvemos voltar para Shinjuku para nossa então diária visita em uma das magníficas patisseries das lojas de departamento. Desta vez não foi francesa, mas a alemã Juchheim e seus Baumkuchen. Bolos interessantíssimos que são assados em um espeto, camada por camada. O chef primeiro dá uma pincelada com a massa e assa. Daí pincela mais uma camada de massa por cima e assa novamente. Assim sucessivamente até alcancar a espessura desejada. Nós vimos um gigantesco no mostruário da confeitaria, mas me contentei em comprar um pequenininho só para experimentar. Delicioso, fofinho, delicado e aroma inesquecível.

CRW_3743.jpgCRW_3744.jpgCRW_3745.jpg

Jantamos no prédio da Subaru, que estava cheio cheio cheio de gente que tinha acabado de deixar o trabalho. Pedimos tonkatsu (filé de porco empanado frito numa mistura de cinco óleos não-saturados). Estava divino e a sopa de missô não poderia ter sido mais bem-vinda num dia tão chuvoso como aquele. Voltamos pro hotel, tomamos banho, colocamos roupas secas e demos um pulo num dos bares japonses do hotel para degustar sake. Humm, agora somos grandes fãs. Martin gostou mais dos secos e eu gostei mais dos fragantes e meu preferido foi Dewazakura. De alguma forma, encontramos o caminho de volta pro nosso quarto, conseguimos virar a chave (sim chave, nada de cartõezinhos neste andar) na fechadura e entrar quarto adentro para finalmente descansar os esqueletos, neste dia um pouco frustrado pela chuva, mas igualmente interessante.

No dia seguinte estaríamos partindo para Kyoto, deixando Tokyo e toda a chuva para trás.


3 Comentários

OI Marcia,
vc não me conhece, mas eu sou uma fã sua, desde o 1º post escrito.
Adoro a maneira como vc escreve,com delicadeza,com
amor, com sutis detalhes que me fazem viajar em pensamentos. Quem sabe um dia vc acaba escrevendo um livro de memórias? Te garanto q estarei na fila para receber um autógrafo seu.
Ah! Sou de Fortaleza-CEARÁ, onde vc tem um irmão morando,né?
Abraços calorosos direto do Ceará.
Luciana

Oi, Márcia.
Não lembro como acabei chegando no seu blog, mas eu venho visitar sempre q posso, embora não costume comentar.

Outro dia estava lendo os posts do inicio do vida escrita a mão. Daí passei para o mes em q vc e o Mr.M se casaram. E agora to lendo esses 3 dias q vc passou em Tóquio.

Eu visitei o Japão no final do ano passado. Infelizmente eu só passei 3 dias em território nipônico. Fiquei hospedada na cidade de Narita, mas visitei Tóquio, o templo Sensoji e tals.

Eu me amarrei no jeito como vc escreve -- se um dia eu fizer um blog, espero escrever pelo menos 1% parecido com vc -- e estou decidida a ler mais dos seus arquivos durante as minhas férias escolares.
beijos,
gabi

Marcinha, é impressão ou o bolo em camadas tem uma cinturinha? :)

(era só o que faltava, bolo de rolo alemão-japonês...)

:)