« The Little House Around the Corner | Main | Not Here, Not There »

Inheritance

Ainda não nos mudamos. Algumas reformas para fazer antes de trazer todas nossas tralhas casa adentro. E muita coisa para empacotar no apartamento alugado. Mas estivemos na pequena casa várias vezes, dormimos lá no final de semana passado, no colchão inflável, no chão do que um dia será nosso quarto.

No primeiro dia da nossa chegada entramos na casa cheios de curiosidade, já havíamos esquecidos de muitos detalhes desde a compra. Encontramos uma casa limpíssima, até a lixeira cheirava a jasmim, prestenção. E na cozinha, encontramos uma cartinha, escrita a mão, da ex-dona da casa. A carta nos dava boas-vindas e nos desejava muita felicidade, além de nos fornecer várias instruções sobre o jardim e seus visitantes. Enviei à ex-dona um cartão e uma cartinha, também escrita a mão, agradecendo e contando da nossa chegada ao que foi a casa dela por dez anos.

Gosto de pensar que "herdamos" muitas coisas nesta casa. E entre essas muitas coisas, herdamos um jardim pequeno, cuidado anteriormente com muita dedicação, mas que já me tira o sono só de pensar no monte de plantas, flores, frutas, árvores, gramados e arbustos que agora dependem de mim. E como se não bastassem os verdes, há também uma série de visitantes penosos, gulosos e incrivelmente apaixonantes que visitam nosso jardim regularmente. Goldfinches, greenfinches, blue tits, coal tits, black birds, sparrows e outros que eu não sei o nome (o que dirá o nome em português!)

Desde então tenho me dedicado totalmente a aprender sobre jardinagem e ornitologia britânica. Ao mesmo tempo em que é fascinante é também desesperador. Tanto a fazer! Principalmente porque quero que o jardim seja orgânico, sem uso de pesticida ou veneno. E quero também que seja um ponto de atração para todo tipo de wildlife (excluindo sapos, eca). Por enquanto tenho falhado miseravelmente porque as ervas daninhas estão em pleno carnaval, as roseiras estão com blackspot, já não coloco comida pros passarinhos há quatro dias, nem troquei a água da banheira deles, não reguei as plantas, nem cortei a grama.

Finalmente hoje voltaremos à pequena casa e ficaremos por lá por uns cinco dias, fazendo mais reformas e dando atenção aos exigentes seres do jardim, se der tempo. Na semana passada eu tirei os azulejos de quase todo o banheiro sozinha, com uma marreta e um chisel. Trabalho escravo, falta só uma parede para terminar. Enquanto isso, Mr.M arrancava o carpete e o assoalho de madeira para reconstituir o chão antes de instalar o piso novo. Então o que antes estava perfeitamente habitável hoje é canteiro de obras. A prioridade é tornar o banheiro funcionável antes da grande mudança. Só temos um banheiro, contei que a casa é pequena? Então.

Mas mesmo que a gente tenha que instalar um Porta-Loo na garagem e tomar banho de caneca, eu quero me mudar o quanto antes. Já não agüento mais morar neste apartamento, no meio do centro da cidade. Penso o tempo todo na casa, no que preciso fazer, nas obras que precisam ser concluídas, nos passarinhos coloridos, nas abelhas e no silêncio imperativo da vizinhança. Herdamos uma quietude que há muitos anos procurávamos, almejávamos, sonhávamos até. Sinais do tempo, pode ser. Mas imensuravelmente valiosa para nós.



Um dos cantos do jardim, onde vários passarinhos vêm se alimentar.



Um ovo azul abandonado no gramado.

Canteiro das berries: raspberries (framboesa) perto da janela,
redcurrants (groselha?) na frente
e strawberries (morangos) no chão.

PS: obrigada a todos pelos recadinhos e congratulações no post anterior. Very kind, thanks a lot.




20 Comentários

Puxa! Mas com um jardim desse a felicidade está garantida, não? ;-) Simplesmente encantador!!! Parabéns pela nova casa. Que traga para vcs toda a paz de espirito e todo amor existente!

Marcinha, fiquei muito feliz com este post, que bom que vocês conseguiram a casa tão sonhada e sossegada :o) E que delicadeza a cartinha da antiga dona, que lindo! Pena que não tive a mesma sorte, hahaha, a antiga dona do meu apto deixou é um monte de sujeira pra trás.

A Fer (http://fezocasblurbs.com/) também tem jardim lindo que nem o seu no quintal, tudo bem que ela mora nos EUA, mas acho que ela pode te dar umas dicas bacanas :o)

Muitas felicidades na casa nova!!!

menina que delícia de jardim, casa é tudo de bom nessa vida, vais passar dias agradáveis com ótimas companhias, beijos e boa sorte na reforma!

Que lindo seu jardim, hj de manhã vi meu jardim e falei como está bonito.
Agora vi o seu e achei o meu horrivel, sei que é pecado inveja, mas esta inveja é uma inveja boa.
Felicidades na casa nova
Irma

Que cantinho mais sossegado e que delicadeza excepcional da antiga moradora!
Desejo que esta casa lhes traga muita harmonia e felicidade!
X)

Que lindinho o jardim, Marcinha! Olha, aqui nos EUA ovos azuis sao de Robin, um passarinho que parece o nosso Sabia Laranjeira no Brasil. Nao sei se ai o ovo azul pertence ao mesmo passaro ;-)

Eu sempre venho aqui e não comento, mas é só pra dizer que adoro sua escrita, você passa uma coisa tão boa nos posts! Felicidades na casa nova. :)

Que lindinho! Já vi que parece uma casa de bonecas. O jardim é super gostoso e faz um bem enorme ter uma área verde em casa. Tenho certeza de que vcs serão mais felizes ainda do que já são nesta linda casinha (ainda não vi mas tenho certeza de que é linda) de conto de fadas.
bjs

Que coisa boa e rara ter jardim na Europa, né!
E como nós latinos ficamos meio doidinhos para plantar tudo de bonito e comestível e ainda ver crescer Maria-sem-vergonha que dá em qualquer lugar sem requerer cuidados.
E terá rosas inglesas?
Uma amiga fêz questao de buscar aí as tais sementes para inaugurar o jardim novo.
Ainda nao fui ver, mas dizem que sao lindas e abrem todas ao mesmo tempo.
Bom e muito trabalho para ti, pois bem sei que jardim é trabalho o tempo todo, mas é também terapia bem-estar mesmo sem necessidade!

Márcia, seu jardim é muuuito fofo. Me lembrou o filme "O Jardim Secreto".
Muitas felicidades!!!

Parabéns pela casa!
Que vocês possam ser muito felizes no novo lar. Lindo, lindo seu jardim.
Bjs.

Olá Márcinha!!!! Parabéns pela nova casa, seu jardim é muito lindinho, tardes ensolaradas, pássaros cantando, bichinhos passeando pelo delicado jardim...
Tudibão, torço pôr vocês.
PS: MR. M deve estar radiante!!!
Beijos

Que jardim mais lindo! Parece jardim de filme inglês, aqueles onde se vê uma senhorinha de luvas de jardinagem podando as plantas.
Acho tão inusitado e ao mesmo tempo tão bacana a sua descrição de vocês mesmos quebrando o banheiro e arrancando o piso. Não temos esse hábito aqui, chamamos o pedreiro e pronto. Mas fazer coisas assim, juntos, só aproxima as pessoas.
um beijo grande, e sejam ainda mais felizes na sua casinha pequena com um banheiro só e um jardim lindo cheio de passarinhos!

Olá Marcia, desta vez resolvi comentar, que lindo jardim que a sua nova casa tem,dá muito trabalho mas é lindo, a jardinagem é boa para relaxar!!!
Um beijinho, vou voltar a sua casa !!!!

Márcia,
Não os conheço e fico feliz por vocês. Casa, jardim, lugar tranqüilo.... ingredientes para uma vida saudável e feliz.
Bjs,
Angela

Que lindo!!! Eu tb tenho um jardim aqui em Lincoln que adoro...cuido das minhas flores...que tb sao lindas..
Abraços
xxx

Awwwww, Marcinha, tô toda boba, aqui - tão feliz por vocês! Que jardinzinho mais adorável, e já todo plantadinho! E com cara de ter sido bem planejado, daqueles onde sempre tem alguma coisa acontecendo, alguma florzinha desabrochando. Com sorte, você nem vai precisar cuidar muito. Só aparar no mês certo, regar eventualmente e se livrar das pragas; mas isso é simples. Muito boa sorte! E aproveite cada pedacinho desse espaço, dessa silêncio, dessa paz. Vocês merecem tudo isso. :)

p.s.: tô esperando receitas com essas berries orgânicas maravilhosas. ontem fiz salada de frutas com os primeiros morangos do jardim e a doçura deles é de chorar. :)

Ma...que tudo este jardim...dá trabalho mas vc vai amar este contato com terra e afins. Beijos

Oi Marcia
Tou cheiiiiinha de inveja, vivo em Portugal mas tenho uma amiga que mora em cambridge e sempre que posso vamos lá passar um fim de semana, mas o seu jardim suplanta tudo! É lindo de morrer!!