« Groseilles Rouges | Main | Nihao the Antelope »

Evade

O interior da casa está no pior estado possível nesta fase do meio da reforma. Para terminar os encanamentos do banheiro precisamos primeiro trocar o boiler, que fica na cozinha. E para trocar o boiler precisamos demolir uma das paredes da cozinha, onde ficam a geladeira, a máquina de lavar roupa e os armários. Parede esta que também é parede da sala. As caixas da mudança continuam por todo lado porque não temos onde colocar absolutamente nada. Os materiais de construção se empilham em imensas montanhas cujo topo tem ar rarefeito.

Então eu passo mais tempo no jardim e no conservatory do que em qualquer outro lugar. Escapo da desordem insana e finjo que não é nada comigo.
















17 Comentários

com estas flores lindas é fácil se deixar levar para um lugar diferente e tranqüilo mesmo, com os vizinhos passarinhos então, maravilha. Boa sorte na reforma!

recebi a mensagem que quer transmitir , neste caos urbano que vivemos só a natureza, a arte e a solidariedade para nos trazer um refúgio.

Parabéns pela sensibilidade.

Isabela Curitiba/Pr

fase difícil, a de reformas, mas pense nos reaultados e toque em frente !

suas fotos e seus textos são magníficos.

beijos em seu coração.

Nossa mais que jardim lindo que voce tem! PARABENS, maravilhosas as flores.

Bjo, otimo final de semana.

Fotos lindíssimas!!! E, nao deixa de documentar (com fotos) as fases da mudanca: meus pais fizeram isso, e hoje eles olham com gosto como a casa onde eles moram era antes, e como ficou legal hoje :o) (e também serve para identificar, bem direitinho, onde fica instalada toda a tubulacao e parte elétrica, hehehe).
Dá trabalho, mas sabendo que é seu, é um gostinho todo especial, nao? :o)
Bjs, Angela

Lindas as fotos! Márcia, descobri teu blog através do OiLondres (já fui english teacher e passei Julho/Agosto de 1996 em Londres, de férias), e me viciei! Estou na fase de lê-lo from de very beginning, fuçando teus arquivos! May I?!? :) Parece que os teus relatos da vida na Inglaterra me transportam um pouco praí e me ajudam a aliviar um pouco a saudade, mas tb me deixam louca pra voltar... quem sabe um dia, pois a vida agora (com marido e filho) não é a mesma de quando fui a 12 anos atrás! Um grande abraço, do outro meio do Mundo (Macapá/Ap/Brasil)

Olá Marcinha!!
Adorei as flores, são lindas...
Tenha calma, logo logo está fase passa.

Beijos em teu coração.

Lilian

Esse vida de faça você mesmo é estressante às vezes, não?
Por esse tipo de coisa que eu estou craque em furadeira e montagem de moveis!
Seu jardim é lindo, um refugio na soleira da porta!
Beijos

Do you know that the flowers on the last picture are actually edible? They have a lovely peppery taste, a bit like a fragrant rocket leaf... they make salads really pretty - learned it from a French guy who plants flowers for a living... try it! x

Very well... perceba a minha burrice no trecho: ..."from DE very beginning"; please forgive me! :P

Seu blog é muito lindo!!!
Eu adorei, parabéns!!!

Achei por acaso, procurando receita de macarrons e agora não consigo parar de ler...

Seu jardim tá maravilhoso, vale a pena a reforma da casa, né?

Beijinhos
Chris

Márcia, seu blog oxigena meu dia a dia. Moro no Rio, atrás do Shopping da Gávea que, apesar de todos os processos, multas do governo e reclamações dos vizinhos, faz obras de em horas proibidas sem nenhuma proteção, perturbando nosso descanso, enfim,um desrespeito.Sonho em suas fotos. Obrigada por tudo, MÔnica.

marcinha, tenha fé. em breve o lado de dentro vai estar tão lindo quanto o lado de fora...

Lindo, lindo. :)
Essa fase da reforma é a pior. Tivemos sorte por termos a cottage pra nos enfiar, mas ela era gelada e o barulho e a poeira dos pedreiros chegavam até mim anyway. E na época, eu nem tinha jardim, ainda. Boo.

Mas vai passar. Enquanto isso, aproveite a companhia das flores e dos pássaros - nada mau. ;)

Oi, Márcia
Adorei as fotos, muito lindas mesmo. Paciência com a reforma e boa sorte :-)

bjs,

Oi Márcia,

Eu entendo exatamente como vc está se sentindo em relação a reforma do lar, passei pela mesma coisa poucos meses atrás. Mas com certeza vc já sabe que o resultado final vai ser maravilhoso! Curta bastante teu jardim, as flores estão lindas.

beijos

Rosa

Marcia, conheci seu blog há pouco e amei seu texto, suas flores suas histórias. Li sobre o cheesecake, sobremesa favorita em minha casa. Testa essa, bem levinha, ajustada pela minha filha em sucessivas tentativas para diminuir o teor de gorduras e sucesso na família e proximidades:

Cheese cake com calda de frutas vermelhas

Massa
70g de manteiga sem sal
100g de biscoito maisena triturados

Recheio
180g de açúcar
30g de farinha de trigo
300g de cream cheese (2 potes de Philadelfia regular)
2 ovos
1 gema
80 ml de iogurte natural
Extrato de baunilha
Raspas de limão

Massa:
Derreter a manteiga e juntar com o biscoito triturado. Untar forma de 25 cm com manteiga. Colocar a massa no fundo pressionando bem (não colocar nas laterais). Assar em forno pré-aquecido (180 graus) por 7 minutos. Esfriar completamente antes de colocar o recheio.

Recheio
Peneirar o açúcar e a farinha. Bater essa mistura com o cream cheese em batedeira em velocidade média até obter uma massa cremosa. Em uma tigela misturar os ovos, a gema, a baunilha e as raspas de limão. Junte ao cream cheese aos poucos, misturando bem. Adicione o iogurte e misture. Colocar sobre a massa. Assar em forno preaquecido a 150 graus por aproximadamente 50 minutos (a massa deve ficar firme e clara). Esperar esfriar dentro do forno com a porta entreaberta. Levar à geladeira por 6 horas e cobrir com geléia de frutas vermelhas não muito consistente (dissolver com água no fogo, se necessário).

Um beijo