« The Lakes and the Trooper | Main | Fall is a Big Orange »

Ye Olde Friars and the Sweet-Toothed Girl

Sempre que visitamos Lake District é impossível para mim deixar de fazer ao menos uma visita à linda casa de chocolates e confeitos Ye Olde Friars em Keswick.

Quando eu assistia Willy Wonka and The Chocolate Factory nos anos 80, imaginava que aquelas lojas em que Charlie comprava os chocolates Wonka só existiam no filme. Em minha mente infantil, em nenhum lugar no mundo poderia existir uma loja exclusivamente de chocolates e doces como àquelas do filme.

Hoje percebo que não apenas essas lojas existiam (e algumas ainda existem), mas que também Roald Dahl descrevia fielmente essas lojas no livro. Ye Olde Friars é uma dessas casas de doces tradicionais, dessas da época de Roald Dahl, dos velhos moldes ingleses. Tubos de balas coloridas nas paredes, vendidas a granel. Chocolates artesanais e trufas nos balcões de vidro. Pirulitos multicoloridos, gomas de frutas, toffee, fudge, marshmallows. Biscoitos, cookies e shortbreads. Potes de geléias, chutneys, mel sólido, lemon curds. Tudo muito bem apresentado, bem arrumadinho mas ao mesmo tempo tudo ao seu alcance.














Miss S não sabia direito o que fazer naquela casa Ye Olde Friars na primeira vez que entrou. Ela ainda nem sabe o que é pirulito ou bala ou qualquer outro doce que não seja biscoito ou chocolate. Compramos pra ela um pacote de botões de chocolate ao leite. Na segunda visita ela já foi pegando tudo o que via pela frente e colocando dentro do carrinho dela (little shoplifter!). Mas compramos só mais um chocolatezinho em formato de rena de Natal pra ela. E para nós, duas barras de chocolate com granulados de cacau, minha geléia marmalade predileta e um pacote de trufas ao rum. ♥

Espero que essas casas de doces continuem a existir por muitos anos e não fiquem apenas na imaginação de quem um dia ler a história de Willy Wonka and the Chocolate Factory. Porque o charme e o encanto dessas casas transforma a experiência de comprar um simples docinho preferido numa ocasião especial, reservada às férias, às celebrações, às fantasias de um momento perfeito.

Willy Wonka: Try some more. The strawberries taste like strawberries, and the snozzberries taste like snozzberries.
Veruca Salt: Snozzberries? Who ever heard of a snozzberry?
Willy Wonka: [grabbing Veruca's mouth and pinching it a bit to hold it open] *We* are the music makers... and *we* are the dreamers of dreams.




3 Comentários | Deixe um comentário

Oi, Marcia
Impressionante como eu acesso seu blog justamente em dia de post, oba!! Acho que estamos em sintonia, e vc nem me conhece rsrs. Que delícia a lojinha!!! Miss S. está cada vez mais fofinha.
bjs

Essa história não marcou tanto minha infância, pelo menos não me lembro com tanta clareza... mas achei muito lindo que algo importante para você agora faça parte da vida da Sophie, também. Tomara mesmo que essas casas de doces ainda estejam na memória de muitas futuras gerações! E parabéns pra vocês dois, pessoas controladas que conseguem não meter o pé na jaca. :)

Tão mais gostoso comprar doces nesses vendors tradicionais do que no supermercado... Pena que eu não posso comer com frequencia, queria ter experimentado todos os docinhos da infância do Respectivo. :)

E wow, Miss S. está tão grande e linda!

Deixe um comentário