« Counting the Days | Main | A little upgrade »

Magical Beautiful 3

Minha doce menininha de 3 anos,

O seu dia especial finalmente chegou. O tão esperado dia dois e cinco.
Você acordou e perguntou pro seu Daddy que dia era. Quando ele disse você deu um pulo e exclamou surpresa: "It's my birthday!!!" E ganhou beijos e abraços e amor.

Havia balões cor-de-rosa pendurados na porta do quarto. Havia uma trilha de mini-bombons em cada degrau da escada. Quando finalmente chegamos na sala de estar, Grandma e Grandpa já estavam lá nos esperando. Você viu os presentes na árvore de Natal mas o olhar grandão e brilhante foi direto ao pratinho que havíamos deixado para Father Christmas e as renas, na noite anterior. E ficou espantada com as migalhas e as raspas de cenoura, contando para todos nós: "Look, he ate the mince pie and drank the juice! Look at the carrot, it's gone! Look, the reindeer ate it! But they didn't take the ribbon..." (Olha, ele comeu o mince pie e bebeu o suco! Olha a cenoura! A rena comeu tudo! Mas eles não levaram o laço...)

Father Christmas trouxe exatamente o presente que você esperava e ainda lhe deu algo bem especial para você continuar acreditando na magia do Natal: um dos sinos das renas, igualzinho ao do filme Polar Express. Seu sorriso nem cabia em seu rosto feliz!

Comemos panettone e café e você distribuiu pequenos presentes. Quando os outros convidados chegaram preparamos sua festa. Abrimos e estendemos nossa mesa, decoramos com toalha nova, vasos com rosas e vários itens de picnic, que é a sua refeição mais preferida de todos os tempos. Até o sol apareceu e encheu a mesa de uma luz alaranjada maravilhosa enquanto lanchamos. Se eu pudesse ter um pedido de Natal atrasado, seria recuperar todas as minhas fotos desse dia que perdemos quando o cartão da câmera se corrompeu.

Estouramos champagne Moet (porque como li por aí, brunch sem bebida alcoólica é apenas um triste e atrasado café da manhã) e brindamos à sua saúde. Depois cantamos parabéns com seu bolo colorido que fizemos juntas no dia anterior. Você bateu palmas e cantou dançando, soprou as velas, vibrou hooray!

Você ficou comigo em casa enquanto os outros saíram para caminhar no vento inclemente da nossa região. E quando todos estavam de volta começamos a preparar o jantar de Natal.

O peru, que nunca foi nosso preferido, ficou excelente, feito inteirinho pelo seu Daddy. A grande diferença este ano foi ter separado as coxas e sobrecoxas do peitão. Assim as pernas foram cozidas em confit de canard e o peito assado separado para não ressecar. Fizemos gravy (molho do peru), pigs in blanklets (mini-linguiças enroladas em bacon), stuffing (recheio do peru feito de carne linguiça misturada com pão, ervas, damasco, cranberries e castanhas - geralmente colocado dentro do peru, mas nós preferimos fazer separado pra ficar crocante), couves de bruxelas, couve vermelha, batatas, Yorkshire pudding, molho de cranberries. Minha melhor lembrança do jantar não foi da refeição em si, mas de nós três, Daddy, Grandma e eu, cozinhando juntos e você dando gargalhadas brincando com Auntie J e Grandpa na sala.

E como era de se esperar, depois do jantar você já estava exausta, hiper estimulada e chorosa. Mas todo mundo entendeu, afinal era o seu grande dia, o seu tão esperado dia e você não queria que terminasse. Você dormiu quando era quase meia-noite, aproveitou bastante cada segundo, seja se encantando com a tradição, seja abrindo presentes, brincando conosco, dançando, celebrando mais um aniversário.

Este ano foi um ano de tirar o fôlego. Um ano que você nos fez rir tantas vezes com seus comentários tão extraordinários. Um ano que Daddy passou vários dias viajando a trabalho e nós duas tivemos nossos próprios desafios. Um ano que você declarou sua independência da fase de bebê, em todos os sentidos. Um ano em que você nos ensinou de uma vez por todas que você vai alcançar os estágios de desenvolvimento quando chegar a hora. Nem cedo, nem tarde. No começo deste ano nós achávamos que você nunca seria capaz de dormir a noite inteira. Que você nunca ia deixar de mamar. Que você nunca ia parar de ter tantrums. Que você nunca ia deixar a fralda. E eis que quando cada hora chegou você fez tudo isso sozinha. Ao contrário do que muitos livros nos fazem acreditar, você não precisou de nenhuma "estratégia" ou nenhum "incentivo". Você precisou simplesmente crescer.

Nós nos orgulhamos tanto de você, Miss S, do jeitinho que você é. Doce e rebelde, inteligente e com pouco senso-comum, divertida e tímida, ativa e geek, dona do sorriso mais ensolarado e brilhante do mundo.

We love you so very much, dear Sophie. Happy 3rd magical birthday, sweetie.







































15 Comentários | Deixe um comentário

Obrigada por partilhar este momento, por nos fazer estar com vcs em um dia tão especial. Consegui sorri, me surpreender com cada passagem e descoberta de M S.
Mais uma vez parabéns.
Que 2014 seja um ano de muitas alegrias.

Confesso que fiquei entrando aqui todos os dias para ler esse relato, pois estava curiosa em saber como seria o tão esperado dia "dois e cinco"... Que alegria as crianças proporcionam com seus espíritos puros... Lembrei dos meus filhotes na manhã do dia 25 achando os presentes embaixo da árvore... Momentos mágicos, que marcam muito a gente ... Obrigado por nos deixar ler o seu delicado blog.. Feliz 2014 para toda a família da querida miss S.

Eu pensei tanto na pequena aniversariante, e esperei este post com impaciência e alegria. Menininha do nosso coração, que bom vê-la crescendo ao lado dos pais mais doces do mundo

*.*
Como ela está linda! E enorme!
Obrigada por dividir esse momento mágico conosco...
É sempre emocionante participar das suas histórias Um 2014 de novas conquistas e "aventuras" para vocês!

Belissimo, doce, romantico como voce . Felicidades mil para esta familia modelo.

Marcinha, que a mágica de posts tão amorosos como os que vc escreve pra linda Sophie nunca acabe. Parabéns a vcs! ;-)

Marcinha, você sempre me emociona. E que linda que ela está. Yummmy.... a comida parece ótima!

Sophie: você sabe que é uma menina muito linda e sortuda, não sabe? Parabéns pelo seu aniversário e por cada conquista incrível que sua mãe narrou aqui. Beijinhos de feliz ano novo!!

Marcinha & Martin, have a great 2014!

Beijos,
Rita

Parabéns Sophie, 3 aninhos de muita saúde, alegrias e amor de teus pais...
Feliz 2014 prá vocês!

Felicidades miss sophie.Que vc seja sempre muito feliz.
Feliz 2014 pra toda familia.

Família linda!

" Um ano em que você nos ensinou de uma vez por todas que você vai alcançar os estágios de desenvolvimento quando chegar a hora. Nem cedo, nem tarde. No começo deste ano nós achávamos que você nunca seria capaz de dormir a noite inteira. Que você nunca ia deixar de mamar. Que você nunca ia parar de ter tantrums. Que você nunca ia deixar a fralda. E eis que quando cada hora chegou você fez tudo isso sozinha. Ao contrário do que muitos livros nos fazem acreditar, você não precisou de nenhuma "estratégia" ou nenhum "incentivo". Você precisou simplesmente crescer."
Perfeito, Marcinha. Que bom seria se todas as crianças pudessem só crescer, sem ninguém no pé delas o tempo todo.
Felicidades imensas para Sophie, tão linda e gostosa com seus olhos gaiatos e sorrisão aberto - e os cachinhos loirinhos ahhhhhhh
bjs

Quanta magia e doçura em cada pedacinho dessa celebração... Você tem um jeito tão envolvente de relatar que me emociona como se eu estivesse assistindo ao vivo! Minha maternagem fica mais serena quando acompanho suas reflexões... Obrigada por partilhar e um beijo apertado na Sophie!

Marcinha, como ela está crescida, comprida, linda, feliz!!!! Parabéns, a todos vocês, feliz 2014!!!

Nao consigo ler seus posts sem lagrimas nos olhos,voce relata o crecimento de sua filinha do jeito que todos nós deveriamos ver o crescimento dos nossos filhos, tanta doçura, amor nas palavras e tempo gasto para fazer sua pequena feliz.
As vezes quando estou muito nervosa e atarefada venho ler algo que voce escreveu e percebo assim como a vida é linda e a felicidade que temos de ter um sorrisinho lindo olhando para nós no fim do dia, não ha riqueza maior que essa, e voce transmite exatamente isso que as vezes como pais nese mundo tão corrido deixamos passar....
muito obrigado por dar essa liberdade de estar em contato com voce que sabe usar as palavras com tanto carinho, não te conheço, mas te adimiro demais.
gisele

Chorei emocionada!!!

Deixe um comentário