« My Christmas Memories | Main | Magical Beautiful 3 »

Counting the Days






































Este mês tem sido um grande teste para a pouca paciência de uma criança de dois anos e onze meses. Parece que o mundo inteiro está contando os dias pro aniversário dela. E o dia nunca chega. Ela pergunta assim que acorda: "Hoje é dia dois e cinco?" Quando eu digo que não, ela solta um "aaaawwnn" em frustração e protesto.

Enquanto o grande dia não chega, nós:

- Decoramos nossa prateleira, já que não temos mantlepiece.

- Fizemos planos elaborados para Father Christmas entrar em nossa casa, que não tem chaminé.

- Visitamos uma Feira Victoriana Natalina com renas de verdade num estábulo. Eu e Mr.M ficamos admirando, mas Miss S deu uma olhada nelas por alguns segundos e em seguida perguntou: "can we go back to the cupcake stall now?" ("podemos voltar pra banca de cupcakes?")

- Estivemos na loja de departamentos John Lewis e lá havia uma caixa de correios especial para mandar cartas para Father Christmas. Miss S, que geralmente é tímida demais, foi sozinha direto pra mesinha, puxou a cadeira, sentou, pegou papel e me chamou para escrever a carta. Eu perguntei o que a gente deveria pôr na carta. Ela deu um sorriso tímido e envergonhado e falou bem, bem baixinho: "please bring a present" ("por favor traga um presente"). Escrevemos, colocamos nosso endereço e ela colocou a carta na caixa do correio com um sorrisão. Em poucos dias chegou uma carta no nome dela, com um carimbo oficial do escritório de Mr. Christmas.

- Encomendamos um peru KellyBronze (as peruas de Essex são famosas pelos peitões, ha!) para o jantar de Natal, que vai ser aqui em casa.

- Assistimos a The Polar Express várias vezes comendo pipoca e pink milk (e indian chai pra mim).

- Aprendemos a cantar Jingle Bells em linguagem de sinais.

- Lemos livros de histórias que falam sobre generosidade e gratidão.

- Comemos biscoitos de Natal, mince pies, yule log (rocambole de chocolate em formato de tronco de árvore).

- Nos divertimos com a volta de Daddy em casa depois de uma temporada na Russia.

Assim como Miss S, eu também não vejo a hora do grande dia chegar. Da família celebrando Miss S em nossas vidas. De preparar a casa para a chegada de Father Christmas e suas renas, de deixar mince pie e uma cenoura pra eles. De esperar Miss S dormir para colocar os presentes embaixo da árvore. De deixar trilhas e pegadas pelo chão. Não vejo a hora de ver a carinha dela pela manhã, o sorriso, o olhar grandão e brilhante.

Falta pouco agora, my dear, falta pouco.


6 Comentários | Deixe um comentário

Por favor diga para Miss S que eu desejo que as horas passem muito rápidas para que o dia dois cinco chegue com toda a magia do Natal e de seu aniversário!Imagino a delícia da espera deste dia para vocês!Um Feliz Natal , Parabéns e Felicidade para Miss S, mamãe e papai! Estamos aqui esperando as fotos da carinha dela pela manhã, claro que com o olhar grandão e muito brilhante!

Que sorte da Miss S ter nascido de pais tão maravilhosos e que podem oferecer-lhe dias tão especiais. Que diferença de nossas crianças voltadas apenas para um consumismo desenfreado e vazio. Vocês estão de parabéns!
Feliz Natal!

Parabéns aos papais e a M. S.
Que o dia 2 e 5 chegue bem rapidinho para aproveitarmos as surpresas e o rostinho de alegria de vcs por aqui.
Feliz Natal e Feliz Aniversário!
Muita paz e amor p vcs!

Perdi o timing de comentar no post anterior. Que, claro, trouxe apertos no peito aqui.

A decoração está linda e essa maçã devia estar uma delícia!

Beijos!
Rita

Marcinha, querida, um Natal muito especial para voces! Beijo

Parabéns Miss S! Feliz Aniversário ainda que eu esteja meio atrasadinha! Depois você pede para a mamãe contar um pouquinho como foi o dia 2 e 5 !
Feliz Ano Novo!

Deixe um comentário