« Days of February | Main | Blue splendour »

Slugs be Gone









Dear reader, how do you do? Há alguns meses atrás estávamos, eu e Miss S, plantando sementes e conversando sobre a colheita do ano passado e o Grande Ataque das Lesmas 2014, que exterminou a maioria das nossas plantas. E Miss S levantou num pulo, bradando: "I know!" e saiu em busca de papel, canetinha, canudo e fita adesiva.

E então, meus amigos leitores e jardineiros esperançosos, Miss S fez esta placa: Proibida a Presença de Lesmas. Dá pra ver no desenho dela a lesmona de olhão esbugalhado em frente às minhas plantas de brócolis (ainda cobertas parcialmente de neve em Março)? Dá prá ver a barra proibitiva? Dá pra ver o xis que diz "não!"? Pois então. Tá proibida de se aproximar ou invadir nosso território de cultivo. Por que eu não pensei nisso antes? Anos gastando cerveja, pó de café, casca de ovo, fita de cobre. Tudo o que eu tinha que fazer era deixar claro para os moluscos que isso aqui não é restaurante buffet do tipo all-you-can-eat. Vão fazer farofa no jardim vizinho, if you please.







Se as lesmas sabem ler ou não ainda não sabemos. Mas sei que desde o advento da nova placa meus brócolis cresceram em paz e nos deram muitas refeições gratificantes. Esse tipo de brócolis é muito famoso e muito esperado pelos britânicos. São chamados de Purple Sprouting Broccoli. São pequenos floretes individuais, bem tenros e doces, porque passaram o inverno inteiro criando açúcar natural para evitar o congelamento. A estação deles é bem curta, por isso são aguardados com muito entusiasmo por aqueles que gostam. Para quem planta esse tipo de broccoli é um extremo exercício de paciência. Plantei as mudas de brócolis no verão do ano passado e só esta semana que estou colhendo os primeiros floretes. Ainda devo colher mais uma leva de cada planta e é isso, acabou, tenho que cortar a planta, colocar na compostagem e plantar uma nova muda se quiser colher na primavera do ano que vem.

Já tinha decidido que não iria plantá-los novamente porque tomam muito espaço por muito tempo. Mas depois de provar os floretes mudei de idéia rapidamente. Vale a pena a espera, o tempo, o espaço. Principalmente porque a planta não precisa de nenhum cuidado. Ainda mais com minha mais recente e ultra-eficiente barreira contra lesmas.

















6 Comentários | Deixe um comentário

Hahahah OMG a placa. ♥ Já copiei a idéia e pus uma parecido (porém menos cute) perto dos meus bulbos de dálias, cujos brotos foram devoradíssimos sem dó ano passado. Ela assistiu Flushed Away? Lembrei das lesmas de lá, de longe a melhor coisa do filme. :)

Essa solução contra as pragas foi genial!!! Miss S. cada vez mais querida!! Beijinho pra ela!

Hoje abri o blog sem muita esperança de um novo post,mas pra meu total deleite eis que havia esse novo post tão fofo com dicas de como espantar lesmas da horta.Farei uma placa na versão proibido cachorro, porque não aguento mais plantar e meus cachorros cavucarem tudo até não sobrar nada.Miss S é uma menina muito inteligente,boa ideia vc teve Miss S. Hoje completo 49 anos e recebi esse novo post como um presente de aniversario.thanks very much!

A lesmona ficou legal... ô bicho nojento!!! Mas no desenho ficou até simpática. Dê os parabéns a Miss S. ela é uma ótima desenhista!!!

Muito fofa e criativa Miss S. Adorei a ideia. Quem sabe ela será uma engenheira agrônoma totalmente contra agrotóxicos. Bjs

Marcinha, só agora vi este post. Peguei o telefone para mostrar aos meus a foto da floresta florida e logo aprendemos a evitar lesmas por aqui. Adorable.

Deixe um comentário